INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

Em Pernambuco,BRASIL, 125 municípios estão em situação de emergência por causa da seca EM 2012




O produtor de castanha de caju João Alves de Lima, de 40 anos, tem uma plantação com cerca de 10 hectares no município de Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco. Esta semana, ele percorreu a área em busca da fruta para fazer suco e o resultado da colheita foi, nas palavras dele, "só quatro cajus e ainda chupados pelas abelhas". 

17/11/2012

Ministro de Israel diz que objetivo de operação é enviar Gaza de "volta à Idade Média EM 2012


"O objetivo da operação é enviar Gaza de volta à Idade Média". Foi o que disse o ministro do Interior de Israel, Eli Yishai, neste sábado (17), após os ataques aos edifícios governamentais do Hamas, na Faixa de Gaza, segundo o jornal israelense "Haaretz".


Yishai credita à ação a paz de Israel durante os próximos quarenta anos.

O ministro das Relações Exteriores israelense, Avigdor Lieberman, afirmou também que se o Exército de seu país invadir Gaza deve ser para "ir até o final", em aparente alusão à derrocada do governo do Hamas.

17/11/2012

Antiga“espécie humana,” recém encontrada estremece a Teoria da Evolução em 2016


Mais de 5.000 policiais protestam em Madri contra a austeridade NA ESPANHA EM 2012


Policiais reclamam das reduções de salário e de pessoal.
Três dias antes, greve geral contra cortes havia ocorrido no país.

Cerca de 5.000 policiais procedentes de toda a Espanha se manifestaram neste sábado (17) no centro de Madri para denunciar as reduções de salário e de pessoal, três dias depois da greve geral contra as medidas de austeridade.

17/11/2012

BRASIL Pesquisadores identificam nova espécie de minis sapo no ESPIRITO SANTO EM 2012


Animal de 15 milímetros habita restinga no litoral capixaba.
'Melanophryniscus setiba' tem coloração marrom e vive no chão da floresta.

17/11/2012

Israel intercepta foguete e sirenes de alerta aéreo soam em Tel Aviv

Televisão local mostrou sistema antimísseis em ação.
Militantes palestinos reivindicaram lançamento de foguete contra Israel.


As sirenes de alerta aéreo soaram na tarde deste sábado (17) em Tel Aviv pelo terceiro dia consecutivo, enquanto a televisão israelense mostrou imagens de uma bateria do sistema antimísseis em ação contra um foguete.
A recém-instalada bateria antimísseis Iron Dome do sistema de defesa de Israel interceptou de forma bem-sucedida um foguete de Gaza destinado a Tel Aviv, informaram autoridades
Correspondentes da AFP em Tel Aviv indicaram que os habitantes correram para encontrar refúgio. Ao mesmo tempo, em Gaza, o braço armado do Hamas, as brigadas Ezedin al Qasam reivindicaram o disparo de um foguete Fajr 5, de fabricação iraniano e que tem um alcance máximo de 75 km.
"O foguete Fajr 5 que o Hamas lançou contra Tel Aviv foi interceptado pela nova bateria Iron Dome", afirmou Ofir Gendelman, um porta-voz do gabinete do primeiro-ministro, em sua conta oficial do Twitter. "Não há relatos de feridos ou danos."
Com tanques e artilharia israelenses posicionados ao longo da fronteira de Gaza, e sem nenhum sinal do fim das hostilidades, agora no quarto dia, o ministro de Relações Exteriores da Tunísia viajou para o território palestino, para demonstrar solidariedade árabe.
Autoridades em Gaza disseram que 41 palestinos, dos quais quase metade civis, incluindo oito crianças e uma grávida, foram mortos desde o início dos bombardeios aéreos de Israel. Três civis israelenses foram mortos por um foguete na quinta-feira (15).
Sistema antimísseis israelense é visto em Tel Aviv (Foto: AFP)Sistema antimísseis israelense é visto em Tel Aviv (Foto: AFP)
Israel bombardeia sede do governo do Hamas em Gaza
Um bombardeio israelense atingiu na madrugada deste sábado a sede do governo do movimento islamita Hamas em Gaza, no quarto dia consecutivo da ofensiva israelense "Pilar Defensivo". Apenas neste sábado nove pessoas morreram, de acordo com fontes médicas.
De acordo com informações de fontes do Exército israelense, foi atingido o escritório do primeiro-ministro do Hamas, Ismail Haniyeh, no norte da Faixa de Gaza. O prédio foi destruído. Haniyeh não estava no local no momento do ataque.
"O quartel-general do gabinete foi alvo de quatro ataques e o governo ressalta que permanece em suas posições e se mantém ao lado de seu povo", indicou o governo de Gaza em um comunicado, no quarto dia da ofensiva israelense.
Os novos ataques ocorrem após o lançamento sem precedentes contra a cidade sagrada de Jerusalém, que aumentou a tensão entre palestinos e israelenses.
Em contrapartida, um foguete disparado desde Gaza contra Israel deixou quatro soldados israelenses feridos. Israel posicionou neste sábado na área metropolitana de Tel Aviv uma bateria do sistema de intercepção de mísseis “Cúpula de Ferro”, para proteger a cidade de ataques palestinos. Na quinta-feira (15), três projéteis disparados de Gaza caíram no mar nas proximidades da cidade.
Em Gaza foi possível ouvir um intenso bombardeio entre as 4h e as 5h (horário local). Ao menos 180 alvos na Faixa de Gaza foram bombardeados por Israel durante a madrugada.
A Força Aérea Israelense também continuou atacando seus alvos iniciais, os locais de depósito de armas dos militantes palestinos e suas áreas militares. O Exército convocou milhares de reservistas e mobilizou tropas, tanques e outros veículos armados pela fronteira com Gaza, sinalizando que uma invasão terrestre pode estar próxima.
Foguete foi lançado de Gaza com destino a Israel por militantes palestinos (Foto: AFP)Foguete foi lançado de Gaza com destino a Israel por militantes palestinos (Foto: AFP)
Cerca de 20 mil membros da reserva do exército, convocados em regime de urgência, integraram suas unidades na manhã deste sábado. No total, 75 mil foram mobilizados. Por enquanto, nenhuma ação terrestre foi confirmada.
Conversações
No Cairo, uma fonte governamental afirmou que o presidente do Egito, Mohamed Mursi, iria manter conversações com o emir do Catar, o primeiro-ministro da Turquia e o líder do Hamas, Khaled Meshaal, na capital egípcia neste sábado, para discutir a crise em Gaza.
O Egito vem trabalhando para restabelecer a calma entre Israel e o Hamas, depois que um cessar-fogo informal obtido pelo governo egípcio foi rompido nas últimas semanas. Meshaal, que vive no exílio, já havia mantido uma rodada de conversações com autoridades egípcias do setor de segurança.
Soldados israelenses disparam bombas de gás em protesto na vila de Beit Omar (Foto: AFP)Soldados israelenses dispFONTE:G1

Crianças Do Hamas



17/11/2012

Porque Israel está Atacando o Hamas?


Este vídeo mostra o porque Israel está atacando o Hamas. Qual país aceitaria viver sofrendo ataques de foguetes palestinos diariamente?!

 Israel precisa devolver uma vida normal aos seus cidadãos, sem precisar correr para abrigos anti-bomba diversas vezes por dia.

17/11/2012

AddToAny

Página