INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

Dinamarqueses mais ricos enfrentam cortes de benefícios EM 2014


Cidadãos mais ricos do país estão perdendo alguns benefícios sociais após país rever serviços antes considerados direito universal


Copenhague, na Dinamarca: PIB do país encolheu 0,4 por cento em 2012 e cresceu apenas 0,4 por cento no ano passado


Copenhague - Os cidadãos mais ricos da Dinamarca estão perdendo alguns benefícios sociais porque o país, o mais fraco da Escandinávia, está revendo os serviços pagos pelo Estado, antes considerados um direito universal.

08/01/2014

Veja esconderijos bizarros usados por imigrantes para entrar nos EUA EM 2014

Em 2006, homem se escondeu no estofamento de assento.
Em 2001, mulher foi encontrada escondida em painel de veículo.

Neste mês, o Escritório de Imigração e Alfândegas dos EUA divulgou uma foto que mostra um homem escondido no motor de um veículo tentando entrar ilegalmente no país. Abaixo, lista esse e outros casos bizarros em que imigrantes tentaram entrar nos EUA, mas foram descobertos por agentes do serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras (BCP).




Em 2006, agentes da imigração encontraram homem escondido no estofamento de um assento de van. (Foto: Reprodução/BCP)

08/01/2014

Os 6 experimentos científicos mais assustadores de todos os tempos


Cientistas malucos sempre foram muito bem explorados pela literatura e filmes. Muitos deles são somente excêntricos, e acabam surpreendendo a todos positivamente por causa de suas manias e atitudes anormais. 

Entretanto, outros geralmente possuem um lado sombrio e são capazes de criar grandes atrocidades. Os pesquisadores da lista abaixo não necessariamente possuem má índole, mas seus métodos usados para provar teorias e realizar conquistas são no mínimo assombrosos.

 Confira 6 experimentos científicos bastante assustadores.
Executado pela Justiça - e pela Ciência

08/01/2014

EUA Kennedy, Brasil e a deposição de Jango 7 de outubro de 1963





No dia 7 de outubro de 1963, 46 dias antes de ser assassinado, John Kennedy presidiu uma longa reunião na Casa Branca e nela, em poucos segundos, fez a pergunta essencial a Lincoln Gordon, seu embaixador no Brasil: "Você vê a situação indo para onde deveria, acha aconselhável que façamos uma intervenção militar?". Gordon mostrou-lhe que esse era um cenário já discutido, porém improvável. 

08/01/2014

AddToAny

Página