INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

Pobreza no Brasil =BANCO MUNDIAL ALERTA PARA CRESCIMENTO DA POBREZA NO BRASIL


Fronteiras - Fronteira entre Brasil e Paraguai vira rota cobiçada por facções criminosas que traficam cocaína


Fronteira EUA x México




Em 11 de dez de 2012
Documentário mostra como é o trabalho dos policiais na fronteira dos EUA com o México.


04/04/2014

Hiroshima - O Dia Seguinte


Parasitas Assassinos Reprodução


A Guerra do Vietnã


Airbus A380 - O Gigante do Céu=Voo Inaugural Emirates A380 – Primeiro pouso GRU.


O Universo Marte a Nova Evidencia 2019


ATUALIZADO  EM 04/10/2019

Nostradamus Previsões nunca reveladas.


Criaturas misteriosas que vivem nas profundezas do planeta!!Criaturas das Trevas


Múmias Extraterrestres




Apocalipse: Terrores Futuros


Olavo de Carvalho Fala do Estado ATEU.



ASSISTA ABAIXO;



04/01/2014

Maçonaria comanda o Brasil =Silas Malafaia PEDIU a RETIRADA do SEU NOME na LISTA DE 110 ILUSTRES MAÇONS DO BRASIL...



ASSISTA ABAIXO;


ATUALIZADO EM 04/10/2019

OLAVO DE CARVALHO - Fim Do mundo




Como criar seu filho - Olavo de Carvalho =528 - Olavo de Carvalho | Dicas de como criar seus filhos


Estádio mais caro da Copa mundo2014 deve levar mil anos para recuperar custo ao DF 316





Estádio Nacional Mané Garrincha (Brasília/DF): 201% mais caro. A arena brasiliense tinha custo inicial de R$ 631 milhões. Até agora, porém, consumiu R$ 1,6 bilhão, e o Tribunal de Contas do DF calcula que a conta chegará a R$ 1,9 bilhão (*)

04/04/2014

3 razões pelas quais a Copa mundo 2014 não vai ajudar tanto o Brasil


Efeitos do torneio serão "fugazes" e não devem ter grande impacto na economia brasileira, de acordo com nota da agência Moody's lançada hoje

Vista aérea do estádio de futebol Arena Amazônia, uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, em Manaus

São Paulo - Até pouco tempo atrás, os benefícios econômicos e o legado de infraestrutura eram apontados como os principais motivos para realizar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

04/04/2014

Villa las Estrellas, uma cidadezinha em plena Antártica


A cidade de Villa las Estrellas tem 64 habitantes, entre homens, mulheres e crianças que moram em pouco mais de uma dezena de casas

A cidade de Villa Las Estrellas, na Antártica: além de escola, possui mercado, shopping, correios, academia de ginástica e até uma agência bancária


Villa las Estrellas - A professora se prepara para mais um dia de aula, enquanto os alunos pegam cadernos e lápis para anotar a lição.

04/04/2014

Guerra Por Comida e água está próxima, alerta Banco Mundial 2014 ATE 2050

 

Jim Yong Kim, presidente do BM, alertou sobre o aumento de conflitos e instabilidade social nos próximos 10 anos devido aos efeitos das mudanças climáticas

Clima: produtividade agrícola pode cair 2% por década e demanda deve crescer 14% até 2050

São Paulo - Em uma entrevista ao britânico The Guardian, Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial, disse que acredita que as batalhas por alimento e água devem eclodir dentro de cinco a dez anos, devido ao efeitos das mudanças climáticas.
04/04/2014

A Europa conseguiria viver sem o gás russo?




A Europa obtém a maioria de seu gás e petróleo da Rússia e isso virou um problema para o continente


A Europa consome 70% do petróleo e 65% do gás exportado pela Rússia, país que se tornou uma dor de cabeça para o líderes do continente desde o início da crise na península da Crimeia, na Ucrânia.

A região aprovou em um referendo sua anexação à Federação Russa - que, por meio de um tratado assinado pelo seu presidente, Vladimir Putin, aceitou incorporar a região autônoma, até então parte do território ucraniano.

04/04/2014

Independência energética dos EUA tem potencial para mudar o mundo

Atualizado em 4 de abril, 2014 - 06:36 (Brasília) 09:36 GMT


Com a produção de gás e petróleo de xisto, os Estados Unidos podem se tornar autosuficientes até 2035


O Santo Graal dos presidentes americanos ao longo das últimas quatro décadas, de Richard Nixon a Barack Obama, têm sido a independência energética - e, graças ao gás e petróleo de xisto, esse sonho pode se tornar realidade em breve.

04/04/2014

Conheça os cinco terremotos mais fortes do mundo


Mapa-múndi dos terremotos | Crédito: BBC Brasil
O terremoto que atingiu o norte do Chile na noite de terça-feira forçou centenas de pessoas a deixarem suas casas.
O alerta de tsunami ─ gerado a partir do tremor, mas já suspenso ─ contribuiu para aumentar a apreensão dos chilenos, que ainda guardam na memória o efeito devastador do abalo de 2010.
Apesar de atingir 8,2 de magnitude e ter sido sentido em outros países, como Peru e Bolívia, o terremoto de terça-feira não foi um dos maiores do mundo.
Com forte atividade sísmica, o Chile, por outro lado, ainda lidera a lista dos terremotos mais intensos a terem abalado a Terra desde o ano 1900.
Confira abaixo a compilação feita pela BBC Brasil com base nos dados do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), levando em conta a intensidade dos tremores.
Pelo critério de número de vítimas fatais, o terremoto de 2010 no Haiti ainda é o mais mortal na lista da USGS (apesar de não estar entre os mais intensos): deixou 316 mil mortos.

1 - Chile

Data: 22/05/1960
Magnitude: 9,5
Na noite de 22 de maio de 1960, o Chile foi atingido em cheio pelo maior terremoto a ser registrado no planeta.
Aproximadamente 1,6 mil pessoas morreram, 3 mil ficaram feridas e mais de 2 milhões perderam suas casas. O prejuízo estimado para o Chile foi de US$ 550 milhões, ou R$ 1,2 bilhão (em valores atuais).
O terremoto foi seguido por um tsunami, que deixou 61 mortos no Estado americano do Havaí, 138 no Japão e 32 nas Filipinas.

2 - Alasca (EUA)

Data: 28/03/1964
Magnitude: 9,2
O terremoto, que foi seguido por tsunami, tirou a vida de 131 pessoas e causou prejuízos da ordem de US$ 2,3 bilhões (R$ 5,2 bilhões). Os efeitos do tremor foram fortemente sentidos em várias cidades americanas.

3 - Sumatra (Indonésia)

Data: 26/12/2004
Magnitude: 9,1
Às 0h58 do dia 26 de dezembro de 2004, um terremoto de grande magnitude atingiu a costa oeste da ilha de Sumatra, na Indonésia.
O tsunami que se seguiu ao terremoto atingiu 14 países do Sul da Ásia e do leste da África.
Ao todo, a tragédia deixou cerca de 230 mil mortos ou desaparecidos e 1,7 milhão desabrigados.

4 - Honshu (Japão)

Data: 11/03/2011
Magnitude: 9,0
Pelo menos, 15,7 mil pessoas foram mortas, 4,6 mil dadas como desaparecidas e 5,3 mil feridas quando um terremoto seguido por tsunami arrasou a costa leste de Honshu, a maior e mais populosa ilha do Japão.
A combinação de tremor e maremoto também deixou mais de 130 mil pessoas desabrigadas e destruiu 300 mil casas e prédios. A maioria das mortes ocorreu nas cidades de Iwate, Miyagi e Fukushima.
As ondas chegaram a 38 metros de altura. O prejuízo total para o Japão foi estimado em US$ 309 bilhões (R$ 700 bilhões em valores atuais), o equivalente a 15% do PIB brasileiro.

5 - Kamchatka (Rússia)

Data: 04/11/1952
Magnitude: 9,0
Um terremoto seguido por um tsunami atingiu a península de Kamchatka, no extremo leste da Rússia, em 1952. Não houve registro de mortes, em grande parte pelo fato de a região ser pouco povoada.
No entanto, o maremoto atingiu o Havaí, nos Estados Unidos, provocando perdas da ordem de US$ 1 milhão (R$ 2,4 milhões). As ondas destruíram barcos, casas, píeres e estradas.
fonte;bbc brasil

Acre,BRASIL vive cotidiano de Tensão agrária 25 anos após morte de Chico Mendes EM 2014



04/04/2014

BRASIL Bairro ilhado no Acre teme virar parte da Bolívia EM 2014




Bolívia não manifestou interesse por faixa de terra isolada do Acre, mas moradores estão inquietos


Com suas fronteiras definidas há mais de um século, o Brasil pode em breve perder parte de suas terras para a Bolívia – ou, pelo menos, é o que temem os moradores de uma cidade brasileira na fronteira com o país vizinho.

A acelerada erosão nas margens do rio Acre, na divisa entre as duas nações, está perto de fazer com que parte da cidade de Brasileia, no Acre, perca a ligação terrestre com o resto do município, tornando-se uma ilha cercada pela Bolívia.

04/04/2014

AddToAny

Página