INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

Cameron Apresenta Nova Lei antiterrorismo no Reino Unido EM 2014


O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, apresentou ao Parlamento uma nova legislação que dá à polícia o poder para confiscar passaportes de britânicos suspeitos de ter viajado para o exterior para lutar junto com grupos terroristas. As medidas incluem permitir que a polícia confisque passaportes na fronteira.

01/09/2014

Fenda misteriosa surge no México e intriga cientista


Uma incrível fenda surgiu em uma fazenda no noroeste do México. O buraco de oito metros de profundidade e um quilômetro de extensão despertou a curiosidade dos moradores locais.
Segundo o The Independent, a fenda apareceu na semana passada e chegou a cortar a Rodovia 26, que fica entre Hermosillo e o litoral mexicano. Motoristas tiveram que mudar as rotas de viagem para desviar do local.
Um vídeo publicado no YouTube mostra a fenda. As imagens foram feitas por uma câmera instalada em um drone. É possível ver os carros parados diante da cratera e algumas pessoas em volta observando a fenda misteriosa.
Geólogos trabalham na tentativa de explicar o que causou a fenda. Autoridades acreditam que a fissura pode ter surgido por causa de um terremoto que sacudiu a região recentemente.
No entanto, pesquisadores da Universidade de Sonora descobriram que os fazendeiros da região construíram diques para conter a água da chuva. Especialistas acreditam que isso pode ter causado uma corrente subterrânea que suavizou a terra até colapsar e formar a fenda.
CRATERAS NA SIBÉRIA
Em julho, uma cratera misteriosa foi encontrada na Sibéria, na Rússia. As causas ainda são investigadas, mas uma equipe de cientistas afirmou que o metano liberado com o derretimento do permafrost (solo gelado encontrado na região do Ártico) foi o responsável pelo surgimento do buraco.
Pesquisadores afirmam que o aquecimento global pode ser o culpado. Um degelo lento e constante na região pode ter sido o suficiente para liberar uma explosão de metano e criar uma grande cratera.
Em seguida, moradores locais relataram a existência de outros dois buracos semelhantes, mas menores, nas proximidades. Os cientistas temem que a liberação de metano aprisionado possa intensificar o surgimento de buracos na região.FONTE;BRASILPOST

Seca no Cantareira é a pior da série pelo oitavo mês seguido 2014


SISTEMA CANTAREIRA
O Sistema Cantareira completa hoje oito meses consecutivos recebendo um volume de água pior do que a mínima histórica. Desde janeiro, quando a crise de estiagem no maior manancial paulista foi declarada, as represas têm quebrado mensalmente recordes negativos de seca em 84 anos de medições. O cenário fez que somente em agosto o Cantareira perdesse 43,3 bilhões de litros, ou 4,4% de sua capacidade.
O déficit é resultado de uma conta que não fecha desde maio de 2013, quando o sistema passou a liberar mais água do que recebeu. Neste mês, enquanto cedeu 22,49 mil litros por segundo para abastecer cerca de 6,5 milhões de pessoas na Grande São Paulo e 5 milhões na região de Campinas, o sistema recebeu 6,32 mil litros por segundo de água da chuva ou de seus rios afluentes. Até então, o pior agosto desde 1930 havia registrado uma vazão afluente de 10,7 mil litros por segundo.
Embora a situação só tenha se agravado neste mês, no qual o nível do Cantareira caiu de 15,3% da capacidade no dia 1.º para 11,1% ontem, os números mostram uma ligeira melhora em relação a julho, que foi o mês mais seco da história do manancial, com entrada de apenas 4,17 mil litros por segundo. No fim, o déficit de água no mês passado foi de 50 bilhões de litros.
LEIA TAMBÉM: Crise do Sistema Cantareira é o maior conflito pela água no Brasil
Até sexta-feira, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) já havia retirado 93,5 bilhões de litros do volume morto do manancial, ou seja, mais da metade dos 182,5 bilhões da primeira cota da reserva profunda das represas Jaguari-Jacareí, na região de Bragança Paulista, e Atibainha, em Nazaré Paulista.
Cálculos feitos por especialistas que monitoram a crise apontam que a reserva deve acabar no início de novembro. Diante desse cenário, a Sabesp iniciou na semana passada as obras para poder retirar mais 106 bilhões de litros do volume morto do manancial, o que ainda precisa ser aprovado pela Agência Nacional das Águas (ANA) e Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE), órgãos gestores do sistema.
Segundo a Sabesp, o volume disponível hoje nas represas é suficiente para garantir o abastecimento da Grande São Paulo até março sem adoção de racionamento oficial de água. Apenas na compra das bombas flutuantes e na manutenção de um canal para que a água que resta nas represas chegue até o túnel de captação, a Sabesp vai gastar mais de R$ 13 milhões.
Recuperação
Historicamente, o volume de água que costuma chegar ao manancial sobe ligeiramente em setembro e só tem salto a partir de outubro, quando começa a temporada de chuvas. Para este verão, contudo, as previsões ainda apontam um cenário incerto, com uma probabilidade maior de chuva abaixo da média histórica.
Com o uso da segunda cota do volume morto, o Cantareira pode entrar em 2015 negativo em quase 30% e as estimativas da própria Sabesp indicam que o manancial leve ao menos três anos para se recuperar.
(As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.)

DECIDINDO AS ELEIÇÕES 2014 EM FAVOR DA FAMILIA DE DEUS, VAMOS CRISTÃO FILHOS DE DEUS!!!!

Quem decide uma eleição?

SILAS
"Decidimos qualquer eleição".
Silas Lima Malafaia, líder da igreja evangélica Assembleia de Deus Vitória em Cristo, proferiu esta frase à Folha, em reportagem sobre a mudança-relâmpago do programa de governo do PSB, representado pela presidenciável Marina Silva.
Apesar de parecer muito exagerada, ela carrega algumas verdades que precisamos ouvir.
Este ímpeto hegemônico de decidir uma eleição pode, ainda, não ser uma realidade concreta, mas o seu poder de mobilização e engajamento de um público imenso, que beira às dezenas de milhões de pessoas, é inegável e não pode deixar de ser considerado.
Negar a existência desse poder de "decidir" uma eleição é um erro, mas também ser complacente e acrítico não é um caminho dos mais viáveis.
A pergunta central que precisamos fazer é: quem decide uma eleição? Vivemos em um Estado Laico, ou seja, todas as representações e manifestações religiosas precisam ser respeitadas e consideradas. E, em uma democracia, é perfeitamente legítimo que líderes religiosos mobilizem votos para elegerem representantes em cargos executivos e legislativos, a fim de terem seus interesses representados.
Porém, o que vemos acontecer são mudanças nas agendas, programas e ideários políticos que se enquadrem nas motivações eleitorais fundamentadas em pesquisas prévias. Assim, os projetos políticos que encabeçam os primeiros lugares das pesquisas de intenção de voto são muito parecidos, com poucas diferenças fundamentais.
Neste cenário, decide uma eleição quem melhor sabe negociar com interesses conflitantes entre uma mentalidade conservadora generalizada no Brasil (que independe das religiões evangélicas) e propostas progressistas de geração de equidade social. E o diálogo constante (e construtivo) entre esses dois interesses, aliado a propostas pragmáticas, pode gerar uma transformação positiva e a possibilidade de novos caminhos para a política brasileira.
FONTE;BRASILPOST

BRASIL ELEIÇÕES 2014 SEMPRE A MESMA FALACIA!!!!!

Essa Ideologia, se pudesse, acabaria com o Imenso usucapião denominado Brasil.

Assistindo Às presidenciáveis ​​no debate promovido Pela Band, percebi Que Vivemos soluçar uma Influência de Uma Ideologia escancaradamente reacionária. Adeptos SEUs, encilhando-se uma fórmula superadas, se dedicam, Modos OS Por Todos, a puxar como rédeas da Humanidade e da Civilização. Lembrei-me Dos fóruns Sociais Mundiais e de Seu slogan - "Um Outro Mundo e Possível". Sim, sim, eu escrevi à Época. Um novo Big Bang, Uma nova Criação, um novo Paraíso com Maçãs Para Todos.

 


FOI em Nome Dessa Ideologia Que, em abril de 2000, muitos Sairam Às Ruas a vociferar contra o Descobrimento. QUANDO o MST invadir Uma Propriedade rural, enguias Chamam de Ocupação. QUANDO se referem AO DOS desembarque portugueses EM Porto Seguro, Falam em Invasão. Por Algum Motivo obscuro AINDA NÃO escolheram Cabral, invasor Primeiro, Como patrono do MST. E claro Que se OS portugueses tivessem tocado Direto Pará como Índias, o Nosso país séria Hoje O Que São como Tribos Que se mantiveram sem Contato com a Civilização. Vale Dizer: viveríamos lascando pedra.

 
Essa Ideologia, se pudesse, acabaria com o Imenso usucapião denominado Brasil. Negros OS voltariam à África, OS brancos seriam banidos Pará uma Europa e Os índios promoveriam Uma desapropriação continental do Solo e das malfeitorias here implantadas. Alerta: OS defensores de Tão escabrosa Geopolítica se aborrecerão se terrivelmente rápido você apontar o racismo embutido em Taís Conceitos.
Como NÃO poderia deixar de ser, a Ideologia em Pauta E contra a Globalização. Para Evita-la, teríamos that retornar Às Cavernas de Origem e combater o nomadismo Como hum Fenômeno Perigoso, precursor do famigerado neoliberalismo.



 
Ela E, TAMBÉM, contra o capital social grande, O Que Significa Ser NÃO favorável Ao POIs de capital Pequeno o Capital e hum Bem que degeneração enquanto Cresce ... Melhor e Menos Suspeito séria NÃO ter Algum capital. Identico raciocínio lev uma rejeitar uma grande Empresa eA grande lavoura. Se Essa Ideologia tivesse Poder Há Mais tempo, estaríamos com Plantando como Mãos, tocando tambor Pará chover, Trocando Mercadorias e desinventando o Dinheiro. Malthus térios Razão EO planeta providenciaria Menos de 4 bilhões de almoços POR dia.
Essa Ideologia E contra a democracia representativa, a genética Pesquisa, como privatizações, o Mercado, Tecnologia. Sem Fundo, DEVE Ser contra, MESMO comeu, Quem agride a Natureza lascando SUAS Pedras. Cuidado, porem. Mais Alguns Passos Para Trás eA gente vira ameba.
 fonte;
Escrito por Percival Puggina | 01 Setembro 2014
Artigos - Movimento Revolucionário
www.puggina.org

Ataque Total 36 - O Maior Convite


2014 Argentina lançará primeiro satélite de fabricação própria


Satélite geoestacionário será lançado para serviços de telecomunicações


O foguete Soyuz decola do centro espacial de Kourou, na Guiana Francesa, em 22 de agosto de 2014
O foguete Soyuz decola do centro espacial de Kourou, na Guiana Francesa, em 22 de agosto de 2014
Buenos Aires - A Argentina lançará em outubro, a partir da Guiana Francesa, seu primeiro satélite geoestacionário de fabricação própria para serviços de telecomunicações, informou o governo.

"A Argentina soma-se ao seleto clube de países que produzem este tipo de satélites: Estados Unidos, Rússia, China, Japão, Israel, Índia e a Eurozona", afirmou a presidente Cristina Kirchner através de mensagens nas redes sociais Facebook e Twitter.
O Arsat-1 foi fabricado na cidade de San Carlos de Bariloche (1.650 km ao sul de Buenos Aires) pelas estatais Invap e pela empresa Argentina de Soluciones Satelitales (ArSat) com um investimento de 270 milhões de dólares.
Trata-se do primeiro de uma série de três que o país planeja construir.
Este primeiro satélite, de 1.300 quilos, fornecerá serviço de telefonia, televisão, acesso à internet e transmissão de dados para a Argentina e seus países limítrofes.
O Arsat-1, que acredita-se que terá uma vida útil de 15 anos, foi levado no sábado à capital argentina para seu envio iminente à estação de lançamento da Guiana Francesa, de onde será colocado em órbita no dia 16 de ouubro.


 
fonte;exame.com

A China já não é mais a mesma. E o Brasil com isso?


Inovação, investimento em outros países e mercado interno são as novas fronteiras do desenvolvimento da China, oportunidades que o Brasil também pode aproveitar


Mistério das pedras que andam na Califórnia é resolvido


Com fotos e GPS, cientistas desvendaram fenômeno climático que movimenta grandes rochas por até centenas de metros


Rocha em movimento no Vale da Morte
Rocha em movimento no Vale da Morte, na Califórnia, mistério científico até agora
São Paulo - Desde os anos 40, um mistério intriga cientistas: o das centenas de pedras enormes que se movimentam por vários metros e deixam rastros no Vale da Morte, na Califórnia, Estados Unidos.

Nesta semana, os pesquisadores Richard e James Norris, junto com Ralph Lorenz, Jib Ray e Brian Jackson, publicaram na revista científica PLOS ONE uma explicação para o fenômeno.
Com o uso de uma estação de meteorologia, fotos e equipamentos de GPS, o movimento ocorre em condições climáticas específicas, quando chuvas criam uma superfície d'água que congela durante a noite.
Na manhã seguinte, o sol faz com que esse gelo quebre em placas que são movimentadas pelo vento, empurrando as pedras em meio ao barro.
Estas condições climáticas não são comuns e não favorecem a observação, o que explica a dificuldade de verificar e entender o fenômeno até agora:
"O 'caminhar' das rochas é lento e relativamente breve, então uma observação casual provavelmente não registra este movimento", diz o estudo.
fonte;exame.com

AddToAny

Página