INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

Saindo da Matrix Parte 3 - Como Foi nos Dias de Noé - Sinais do Fim dos Tempos Parte 3



ASSISTA ABAIXO;

06/09/2014

A HISTORIA OCULTA DA PRESIDENTA DO BRASIL 2016 A 2100 Dilma Rousseff


06/09/2014

EX PRESIDENTE Dilma Rousseff BRASIL HISTORIA OCULTA 2014 a 2100



Ficha pregressa de Dilma Rousseff






Lágrimas de crocodilo

Candidata à Presidência da República um Chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, TEM Uma Ficha pregressa de Fazer corar o Mais temível criminoso trancafiado em presídio de Segurança Máxima. Mas E UMA delinquente Sensível. No Lançamento do novo Programa Nacional de Direitos Humanos, "Chegou a Chorar Ao Lembrar o Período em that Esteve presa Durante a Ditadura". O presidente Lula NÃO segurou como lágrimas, eA acompanhou sem choro. Seria bom se ELA vertesse algumas lágrimas em Memória de Vítimas SUAS, inclusive dos amigos Que traiu, Levando-os à Prisão.









A Foto Que um Revelada Dilma NÃO quería. A prova do Crime


E uma prova fazer SEU assalto, Junto COM o Lamarca, AO Quartel do 4º Regimento de Infantaria, nenhum município de Quitaúna-Osasco-SP, EM 24/01/69, de Onde levaram 63 Fuzis Automáticos Leves (FAL) 7,62 mm (Ao igual da foto), 3 Metralhadoras INA e 4 Cunhetes de munição 7,62 mm.


06/09/2014

Eleições 2014 brasil Três empresas bancam 39% da campanha presidencial brasileira


PRESIDENCIAVEIS
A Construtora OAS, o Frigorífico JBS eA Construtora Andrade Gutierrez São Os Três principais financiadores da Campanha Ate O momento , de a Acordo com a Segunda Prestação parcial de Contas apresentada Pelos Candidatos à Justiça Eleitoral. Juntas, como Três Empresas doaram Quase R $ 64 Milhões, 39% do total de de Recursos Que Entrou na Contabilidade oficial dos Três principais concorrentes Ao Planalto.As Doações das Três MAIORES beneficiaram principalmente a presidente Dilma Rousseff (PT), Que disparou nenhum ranking de arrecadação . DEPOIS de Sair Atrás de Aécio Neves (PSDB) no Primeiro Mês de Campanha, ELA se recuperou na Segunda parcial da Prestação de Contas, Cujo Prazo Pará Entrega se esgotou na terça-feira. No total, a um petista Já arrecadou R $ 123,6 Milhões ATÉ ágora - cerca de cinco vezes o valor declarado Pelas Contas da Campanha presidencial do PSB, partido de Marina Silva , o SUA diretor Adversaria.
Dilma arrecadou Sozinha Mais da Metade dos cerca de R $ 200 Milhões declarados POR Todos Os presidenciáveis ​​NAS Duas parciais entregues Ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Antes das Eleições. Em Segundo lugar VEM Aécio, com R $ 44,5 Milhões . Marina Silva AINDA Não Tem registros de Doações em Seu nome, POIs SUA candidatura AINDA Precisa Ser deferida cabelo TSE. O total de arrecadado na Conta do ex-Candidato do PSB Eduardo Campos um e em Seu Comitê Chega ATÉ Ágora R $ 24 Milhões .
A OEA E um Líder nenhum ranking de Doações, com R $ 26,1 Milhões repassados ​​nsa Três Primeiros meses de Campanha. A beneficiária principais foi Dilma, that recebeu 77% do total. O JBS VEM logotipo a Seguir, com R $ 26 Milhões (a Conta incluiu a Flora Produtos de Higiene e Limpeza, Outra Empresa do grupo). A Andrade Gutierrez doou R $ 11,8 Milhões. Os Dados were calculados cabelo Estadão Dados em Parceria com a Transparência Brasil, com base de nsa Registros Contábeis apresentados Pelas Campanhas à Justiça Eleitoral. Levadas em consideração were Todas As Doações NAS Contas da Campanha de Cada Candidato e fazer Comitê Pará presidente, Além Do Que Dinheiro Saiu das Direções Nacionais dos Partidos Pará essas Duas Contas.
Segundo o Diretor Executivo da Transparência Brasil, Claudio Weber Abramo, o valor parcial das Doações AOS Candidatos a presidente Neste ano Já se aproxima fazer that foi doado Ao Longo de Toda a eleição de 2010 , incluíndo o 2.º turno - QUANDO OS Valores de São corrigidos Pará Eliminar o Efeito da INFLAÇÃO. Se continuarem como Doações Nesse ritmo, 2014 Tera Uma Campanha AINDA Mais Cara Que fazer um anterior. E UMA Tendência Que se repete desde 2002. Uma Parte do aumento das Doações PODE Ser creditada à diminuição fazer caixa 2 e à Maior efficacy dos Mecanismos de Controle , Diz Abramo. Mas Outra PARTE E aumento de custódio.
A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo constatou Diversas inconsistencias na Contabilidade do PSB . Na Conta da Direção Nacional do partido, Por Exemplo, há registro de repasses Pará uma Conta do Comitê de Eduardo Campos, mas Estes NÃO aparecem Como Receita na Contabilidade fazer MESMO Comitê. Acontece TAMBEM o Contrário: na Conta do Comitê aparecem repasses vindos do partido, mas Estes NÃO estao na Contabilidade da legenda. AINDA ASSIM, o Estado conseguiu mapear Todas As Doações de Pessoas Físicas e Jurídicas.
Além dos Recursos Que Já caíram NAS Contas de Candidatos e Comitês, Os Três Partidos AINDA TEM DINHEIRO em CAIXA, that PODE ou Não Ser repassado Pará como Campanhas presidenciais. O PT TEM R $ 2 Milhões, Diferença Entre OS R $ 66,5 Milhões Que recebeu em Doações e Os R $ 64,5 Milhões Que distribuiu um Diversas Campanhas - principalmente AOS Candidatos a governador do partido. O PSDB ESTÁ COM Uma sobra de Caixa AINDA Maior: R $ 4,4 Milhões. O PSB, POR SUA vez, dispoe de R $ 2,6 Milhões Pará DISTRIBUIR Entre SEUS candidatos.fonte; brasilpost

BRASIL Extensão do Chrome diz quem financia candidatos às eleições 2014


Plug-in Quem Financia informa a usuários do Chrome dados de doações de campanha e relações de bens de candidatos


Pilha de dinheiro
Dinheiro: extensão para Chrome foi desenvolvida em 10 horas
São Paulo - Desenvolvido em apenas 10 horas, o plug-in Quem Financia é uma extensão para Chrome que permite ao usuário visualizar dados de doações de campanha sempre que estiver lendo um texto sobre um candidato.

O plug-in faz uma varredura do conteúdo da página e consegue identificar nomes de candidatos à presidência e aos governos estaduais. A partir disso, ele destaca os nomes encontrados, deixando-os grifados em verde e com um cifrão na frente. Basta que o leitor passe o cursor do mouse sobre o nome destacado que uma janela aparecerá com as informações respectivas ao candidato. A extensão oferece dados sobre quem financia aquele político e traz ainda uma relação dos bens desse candidato.
Por interagir diretamente com a página no navegador, a extensão desconfigura a disposição do conteúdo de alguns sites – como, por exemplo, o Facebook. Já em sites de notícias, o plug-in funciona muito bem.
Quem Financia foi o aplicativo vencedor da Hackathon Transparência Brasil, que aconteceu em São Paulo no dia 23 de agosto. A maratona foi promovida pela Transparência Brasil, organização independente dedicada a monitorar instituições públicas, em parceria com a Sensedia, empresa de TI, e contou com o apoio do Google.
No evento, também houve o lançamento da Open API da Transparência. Essa ferramenta de programação permite que desenvolvedores possam explorar em seus próprios programas bases de dados com informações sobre todos os candidatos que estão concorrendo nas eleições de 2014.
fonte;exame.com

Descoberto o endereço da Via Láctea no universo


"Nós finalmente estabelecemos os contornos que definem o superaglomerado que podemos chamar de lar", disse o pesquisador e astrônomo R. Brent Tully


Localização da Via Láctea na Laniakea, superconglomerado de galáxias
Via Láctea ('Milky Way"): ela fica na borda do superaglomerado de galáxias Laniakea
São Paulo - A Via Láctea faz parte de algo maior. Muito maior.

Usando o telescópio Green Bank da agência americana National Science Foundation's, uma equipe de astrônomos identificou um superconglomerado de galáxias, do qual faz parte o nosso próprio "endereço" no universo.
Eles batizaram esse gigantesco conjunto de Laniakea - que, em idioma havaiano, significa "imenso céu".
Essa descoberta, que enriquece os conhecimentos científicos acerca da nossa vizinhança espacial, além de reconhecer ligações entre grupos de galáxias já identificadas anteriormente, é tema da reportagem de capa desta quinta-feira, 04, da revista científica Nature.
"Nós finalmente estabelecemos os contornos que definem o superaglomerado que podemos chamar de lar", disse o pesquisador R. Brent Tully, astrônomo da Universidade do Havaí, à publicação especializada.
"Não é diferente de descobrir pela primeira vez que sua cidade natal é, na verdade, parte de um país muito maior que faz fronteira com outros países", comparou.
A Via Láctea fica na borda do superaglomerado Laniakea - um conjunto que tem 500 milhões de anos-luz de diâmetro e massa de 100 milhões de bilhões de sóis.
No total, 100 mil galáxias fazem parte dessa estrutura. De acordo com os cientistas, todas as galáxias de um mesmo superaglomerado são interligadas entre si por uma rede de filamentos.
Esse trabalho de cartografia cósmica só foi possível porque a equipe de astrônomos mapeou, usando o Green Bank e outros radiotelescópios, as velocidades da galáxias.fonte;exame.com

Com isso, os cientistas conseguirem definir a região do espaço ocupada pelo superaglomerado.

Maioria de espécies ameaçadas são “invisíveis”


Modelos atuais criam distorção nos estudos de distribuição


Sapo Leptopelis barbouri em folha
Sapo em folha: foram reunidos dados disponíveis de 733 anfíbios na África Subsariana
São Paulo - Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu que a maioria das espécies ameaçadas se torna “invisível”, quando se usam modelos modernos para prever sua distribuição com a mudança do clima.

Os cientistas utilizaram anfíbios africanos, e constaram que mais de 90% das espécies listadas como ameaçadas pela Lista Vermelha da União Internacional de Conservação da Natureza acabam sendo omitidas por estes modelos.
Foram reunidos dados disponíveis de 733 anfíbios na África Subsariana. Destes, 400 têm muito poucos registros para sem usados na modelagem de distribuição em escala continental.
O estudo, das Universidades de York, na Inglaterra, e Copenhague, na Dinamarca, e do Centro de Monitoramento Mundial do Programa Ambiental da ONY, em Cambridge, na Inglaterra, foi publicado hoje na Diversity and Distributions.
Segundo Philip Platts, de York, e principal autor da pesquisa, “métodos modernos de previsão de distribuição das espécies deixam de fora aquelas raras e ameaçadas. Isto porque estas espécies, quase por definição, têm poucos dados de sua distribuição espacial para serem modeladas por ferramentas padrão. Examinamos se sua ausência faz diferença no estabelecimento de prioridades de conservação, agora ou em climas futuros.”fonte;exame.com

Como a 'Guerra ao Terror' criou o grupo terrorista mais poderoso do mundo


Estratégia estadunidense falhou porque não mirou no movimento jihadista como um todo e, acima de tudo, não mirou na Arábia Saudita e no Paquistão
Esse artigo, que originalmente foi publicado no TomDispatch, foi extraído do primeiro capítulo do novo livro de Patrick Cockburn, "The Jihadis Return: ISIS and the New Sunni Uprising" (O Retorno dos Jihadis: o Estado Islâmico e o novo Levante Sunita, em tradução livre), com agradecimento especial à editora, OR Books. A primeira seção é uma nova introdução escrita para o TomDispatch.

Há elementos extraordinários na política atual dos Estados Unidos em relação ao Iraque e à Síria que estão atraindo uma atenção surpreendentemente baixa. No Iraque, os EUA estão perpetrando ataques aéreos e mandando conselheiros e treinadores para ajudarem a conter o avanço do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (mais conhecido como Estado Islâmico) na capital curda, Arbil. Os EUA presumidamente fariam o mesmo se o EI cercasse ou atacasse Bagdá. Mas, na Síria, a política de Washington é exatamente oposta: há muitos opositores do EI no governo sírio e curdos sírios em seus enclaves do norte. Ambos estão sendo atacados pelo EI, que já tomou cerca de um terço do país, incluindo a maior parte de suas instalações de óleo e gás.

Efe

Membros da minoria religiosa yazidi, que fugiram de Mosul (Iraque), devido à violência do Estado Islâmico, recebem ajuda humanitária

Mas a política dos EUA, da Europa Ocidental e do Golfo Pérsico é derrubar o presidente Bashar al-Assad, que vem a ser a política do EI e de outros jihadis na Síria. E se Assad cair, o EI será o beneficiário, já que será questão de vencer ou absorver o resto da oposição armada síria. Há uma falsa ideia em Washington e outros lugares de que existe uma oposição “moderada” síria sendo ajudada pelos EUA, pelo Qatar, pela Turquia e pelos sauditas. É, apesar disso, fraca e está enfraquecendo a cada dia. Logo o califado pode se estender da fronteira iraniana até o Mediterrâneo e a única força que pode possivelmente impedir que isso aconteça é o exército sírio.

A realidade da política dos EUA é apoiar o governo do Iraque, mas não a Síria, contra o EI. Mas uma razão para o grupo ter sido capaz de se tornar tão forte no Iraque é que ele pode extrair seus recursos e combatentes da Síria. Nem tudo o que deu errado no Iraque foi culpa do primeiro-ministro Nouri al-Maliki, como agora se tornou o consenso político e midiático no Ocidente. Os políticos iraquianos têm me dito nos últimos dois anos que o apoio estrangeiro à revolta sunita na Síria inevitavelmente desestabilizaria o país deles também. Isso agora aconteceu.

Ao continuar com essas políticas contraditórias em dois países, os EUA garantiram que o EI pudesse fortalecer seus combatentes no Iraque por meio da Síria e vice-versa. Até agora, Washington teve sucesso em não levar a culpa pelo crescimento do EI e em colocar toda a culpa no governo iraquiano. Na verdade, criou uma situação na qual o EI pode sobreviver e pode inclusive prosperar.

Usando a Etiqueta da Al-Qaeda

O grande aumento da força e do alcance das organizações jihadistas na Síria e no Iraque tinha, em geral, passado despercebido até recentemente pelos políticos e pelos meios de comunicação no Ocidente. Uma grande razão para isso é o que os governos ocidentais e suas forças de segurança estreitamente dizem que a ameaça jihadista é formada por forças diretamente controladas pela Al-Qaeda central. Isso os permite apresentar um quadro muito mais alegre de seu sucesso na chamada "Fuerra ao Terror" do que é a situação real.

Efe

Chanceler sírio, Walid al Mualem, fala sobre proposta dos EUA de bombardear pontos do Estado Islâmico em território da Síria

Na verdade, a ideia de que apenas jihadis com os quais é necessário se preocupar são aqueles que têm a benção oficial da Al-Qaeda é ingênua e autoenganosa. Ignora o fato de, por exemplo, o EI ter sido criticado pelo líder da Al-Qaeda Ayman al-Zawahiri por sua violência e sectarianismo excessivos. Depois de conversar com uma série de rebeldes sírios jihadis não afiliados diretamente à Al-Qaeda no sul da Turquia no começo do ano, uma fonte me contou que “sem exceção, eles todos expressaram entusiasmo pelos ataques de 11 de setembro e torceram para que a mesma coisa que aconteceu nos EUA acontecesse na Europa”.

Grupos jihadis ideologicamente próximos à Al-Qaeda têm sido reclassificados como moderados dependendo de suas ações serem consideradas de apoio aos objetivos das políticas dos EUA. Na Síria, os estadunidenses apoiaram um plano da Arábia Saudita de construir uma “Fronte Sulista”, baseada na Jordânia, que seria hostil ao governo de Assad em Damasco e simultaneamente hostil aos rebeldes do tipo da Al-Qaeda no norte e no leste.

A poderosa, mas supostamente moderada Brigada Yarmouk, noticiada como o recipiente estratégico de mísseis antiaéreos da Arábia Saudita, deveria ser o elemento de liderança nessa nova formação. Mas diversos vídeos mostram que a Brigada Yarmouk frequentemente lutou em colaboração com a Frente al-Nusra, afiliada oficial da Al-Qaeda. Já que era provável que, no meio da batalha, esses dois grupos dividissem suas munições, Washington estava efetivamente permitindo que armamento avançado fosse entregue em mãos ao seu inimigo mais mortal. Os oficiais iraquianos confirmam que capturaram armas sofisticadas de combatentes do EI no Iraque que eram originalmente fornecidas por poderes estrangeiros para forças consideradas de oposição à Al-Qaeda na Síria.

O nome Al-Qaeda foi sempre aplicado com flexibilidade na identificação de um inimigo. Em 2003 e 2004, no Iraque, enquanto uma oposição armada iraquiana se formava, oficiais dos EUA atribuíram a maior parte dos ataques à Al-Qaeda, apesar de muitos terem sido perpetrados por grupos do partido Baas e nacionalistas. Propagandas como essa ajudaram a persuadir quase 60% dos votantes dos EUA, antes da invasão do Iraque, que existia uma conexão entre Saddam Hussein e os responsáveis pelo 11 de setembro, apesar de não existir qualquer evidência disso. No próprio Iraque, e, na verdade, no mundo muçulmano inteiro, essas acusações beneficiaram a Al-Qaeda ao exagerar seu papel na resistência à ocupação estadunidense e britânica.

Com bombardeios dos EUA, curdos retomam das mãos do Estado Islâmico represa no Iraque

Papa Francisco aprova uso da força militar no Iraque, mas quer aval da ONU

Obama confirma decapitação de jornalista dos EUA e diz que será 'implacável' com terroristas

Uma técnica de relações públicas exatamente oposta foi usada pelos governantes ocidentais em 2011, na Líbia, quando qualquer semelhança entre a Al-Qaeda e os rebeldes patrocinados pela OTAN lutando para derrubar o líder líbio Muammar Kadafi foi minimizada. Apenas aqueles jihadis que tinham uma ligação operacional direta com o “coração” da Al-Qaeda, Osama bin Laden, foram considerados perigosos. A falsidade do argumento de que os jihadis opositores a Kadafi na Líbia eram menos ameaçadores que aqueles em contato direto com a Al-Qaeda foi forçosamente e tragicamente exposta quando o embaixador dos EUA Chris Stevens foi assassinado por combatentes jihadistas em Bengasi em setembro de 2012. Esses eram os mesmos combatentes louvados pelos governos e pela mídia ocidental por seu papel no levante contra Kadafi.

Imaginando a Al-Qaeda como a Máfia

A Al-Qaeda é uma ideia mais que uma organização, e isso é o caso há muitos anos. Por um período de cinco anos depois de 1996, recrutou pessoas, recursos e campos no Afeganistão, mas eles foram eliminados depois da queda do Talibã em 2001. Subsequentemente, o nome Al-Qaeda se tornou majoritariamente um grito conjunto, uma série de crença islâmicas centradas na criação de um Estado islâmico, na imposição da charia (conjunto de leis religiosas), no retorno aos costumes islâmicos, na subjugação da mulher e no travamento de uma guerra santa contra outros muçulmanos, notadamente os xiitas, que são considerados hereges que merecem morrer. No centro dessa doutrina de guerra está a ênfase no autosacrifício e no martírio como símbolo de fé e comprometimento com a religião. Isso resultou no uso de crentes não treinados, mas fanáticos, como homens-bomba, com um efeito devastador.

Sempre foi do interesse dos EUA e de outros governos que a Al-Qaeda fosse vista como tendo uma estrutura de comando e controle como um mini Pentágono, como a máfia na América. Essa é uma imagem confortante para o público porque grupos organizados, por mais demoníacos que sejam, podem ser encontrados e eliminados por meio da prisão e da morte. É mais alarmante a realidade de um movimento cujos adeptos se autorecrutam e podem surgir em qualquer lugar.

A reunião de militantes de Osama bin Laden, que ele não chamava de Al-Qaeda até depois de 11 de setembro, era só um dos muitos grupos jihadistas de 12 anos atrás. Mas, hoje, suas ideias e métodos são predominantes entre os jihadis por causa do prestígio e publicidade que ganharam depois da destruição das Torres Gêmeas, da guerra no Iraque e da demonização de Washington como a fonte de todo o mal estadunidense. Atualmente, há uma diminuição das diferenças nas crenças dos jihadis, apesar de eles serem ou não formalmente ligados à Al-Qaeda central.

Não é surpresa que os governos preferem a imagem fantasiosa da Al-Qaeda porque lhes permite cantar vitórias quando consegue matar seus membros e aliados mais conhecidos. Comumente, aqueles eliminados ganham postos quase militares como “chefe de operações” para aumentar o significado de sua morte. A culminação desse aspecto fortemente propagandeado, mas, em grande parte, irrelevante da “Guerra ao Terror”, foi a morte de Bin Laden em Abbottabad, no Paquistão, em 2011. O fato permitiu que o presidente Obama aparecesse para o público estadunidense como o homem que presidiu a captura do líder da Al-Qaeda. Em termos práticos, no entanto, sua morte teve pouco impacto nos tipos de grupos jihadistas da Al-Qaeda, cujas maiores expansões aconteceram subsequentemente.

Ignorando os Papéis da Arábia Saudita e do Paquistão

Flickr
As decisões-chave que permitiram a sobrevivência da Al-Qaeda e sua expansão posterior foram feitas nas horas imediatamente posteriores ao 11 de setembro. Quase todos os elementos significativos no projeto de lançar aviões nas Torres Gêmeas e em outros prédios icônicos dos EUA remontavam à Arábia Saudita.
[Rei Abdullah, atual líder saudita, mantém estreitas relações com Washington]
Bin Laden era um membro da elite saudita, e seu pai tinha sido um associado próximo da monarquia saudita. Citando um relatório da CIA de 2002, o relatório oficial de 11 de setembro diz que a Al-Qaeda, para seu financiamento, dependeu de “uma variedade de doações e arrecadações, majoritariamente nos países do golfo Pérsico e da Arábia Saudita”.

Os investigadores do relatório encontraram seu acesso limitado ou negado ao buscar informações sobre a Arábia Saudita. E o presidente George W. Bush aparentemente nunca achou necessário responsabilizar os sauditas pelo que aconteceu.

A saída de sauditas idosos dos EUA, incluindo parentes de Bin Laden, foi facilitada pelo governo  dias depois de 11 de setembro. Foi ainda mais significativo que 28 páginas do Commission Report -- o relatório oficial sobre o 11/9 -- sobre a relação entre os agressores e a Arábia Saudita tenham sido cortadas e nunca publicadas, apesar da promessa do presidente Obama de fazê-lo, por motivos de segurança nacional.

Em 2009, oito anos depois de 11 de setembro, um telegrama diplomático da secretária de Estado Hillary Clinton, revelado pelo Wikileaks, dizia que as doações da Arábia Saudita constituíam a fonte mais significativa de financiamento dos grupos terroristas sunitas mundialmente. Mas, apesar de esse reconhecimento privado, os EUA e os europeus ocidentais continuaram indiferentes aos pregadores sauditas cujas mensagens se espalharam para milhões por meio da TV por satélite, do YouTube e do Twitter, clamando pela morte de xiitas como hereges. Esses chamados chegavam conforme as bombas da Al-Qaeda estavam massacrando pessoas nos bairros xiitas do Iraque. Uma linha fina em outro telegrama diplomático do Departamento de Estado, no mesmo ano, diz: “Arábia Saudita: Antixiismo como Política Externa?”. Agora, cinco anos depois, grupos apoiados pelos sauditas têm um histórico de sectarismo extremo contra muçulmanos não sunitas.

O Paquistão, ou melhor, a inteligência militar paquistanesa representada pela ISI (Inter-Serviçios de Inteligência), era outro parente da Al-Qaeda, do Talibã, e de movimentos jihadistas em geral. Quando o Talibã estava se desintegrando sob o peso do bombardeio estadunidense de 2011, suas forças no norte do Afeganistão foram encurraladas por forças contra o Talibã. Antes que eles se rendessem, centenas de membros da ISI, treinadores militares e conselheiros foram apressadamente evacuados pelo ar. Apesar da evidência clara do patrocínio do Talibã e dos jihadis em geral pela ISI, Washington se recusou a confrontar o Paquistão e, assim, abriu o caminho para o ressurgimento do Talibã depois de 2003, que nem os EUA nem a OTAN conseguiram reverter.

A “Guerra ao Terror” falhou porque não mirou no movimento jihadista como um todo e, acima de tudo, não mirou na Arábia Saudita e no Paquistão, os dois países que fomentaram o jihadismo como uma crença e um movimento. Os EUA não o fizeram porque esses países eram aliados importantes que não queriam ofender. A Arábia Saudita é um mercado enorme para as armas estadunidenses, e os sauditas cultivaram, e, em algumas ocasiões, compraram membros influentes da classe política dos EUA. O Paquistão é um poder nuclear com uma população de 180 milhões e um exército com ligações próximas ao Pentágono.

O ressurgimento espetacular da Al-Qaeda e seus desdobramentos aconteceu apesar da enorme expansão dos serviços de inteligência estadunidense e britânico e de seus orçamentos depois do 11 de Setembro. Desde então, os EUA, seguidos de perto pelo Reino Unido, travou guerras no Afeganistão e no Iraque e adotou procedimentos normalmente associados a Estados policiais, tais como prisão sem julgamento, rendição, tortura e espionagem doméstica. Os governos travam a “Guerra ao Terror” dizendo que os direitos dos cidadãos individuais devem ser sacrificados para garantir a segurança de todos.

Face a essas medidas controversas de segurança, os movimentos contra quem elas foram orquestradas não foram derrotados, mas ficaram mais fortes. Na época do 11 de Setembro, a Al-Qaeda era uma organização pequena, geralmente ineficaz; em 2014 grupos do estilo da Al-Qaeda são numerosos e poderosos.

Em outras palavras, a “Guerra ao Terror”, que delineou o cenário político de boa parte do mundo desde 2001, evidentemente falhou. Antes da queda de Mosul, ninguém prestava muita atenção.
fonte; opera mundi

Banco Mundial diz que Cuba tem o melhor sistema educativo da América Latina e do Caribe 2014

De a Acordo com a Organização internacional, Cuba E o Único país da Região that dispoe de hum Sistema Educativo de Alta Qualidade
O Banco Mundial acaba de publicar a hum Relatório revelador Sobre a problematica da Educação na América Latina e no Caribe. Intitulado Excelentes Professores. Como melhorar a aprendizagem na América Latina e no Caribe , o Estudo Analisa OS Sistemas Educativos Públicos dos Países do continente e Os principais Desafios Que enfrentam. 1

Efe

Segundo o Banco Mundial, "Nenhum Sistema escolar latino-americano, com uma Possível Exceção de Cuba", alcança Parâmetros Mundiais

Na América Latina, Os Professores de Educação Básica (pré-escolar, Primária e Secundária) Constituinte hum de capital humano de 7 Milhões de Pessoas, OU SEJA, 4% da População Ativa da Região, e Mais de 20% dos Trabalhadores Técnicos e Profissionais. SEUs salarios absorvem 4% do PIB do continente e SUAS condições de Trabalho variam de Uma Região Pará Outra, inclusive Dentro das Fronteiras Nacionais. Professores OS, remunerados mal, são, em maioria, SUA Mulheres - Uma Média de 75% - e pertencem como classes Sociais Modestas. Além Disso, O Corpo docente supera OS 40 anos de Idade e que sejam considerados-Se que esteja "Envelhecido". 2

Análise - Racismo contra Aranha: QUANDO OS estádios Vão Sair do Século 19?

O Banco Mundial Lembra Que Todos Os governos do planeta escrutinam com Atenção "a Qualidade EO Desempenho dos Professores" no momento em Que OS Objetivos dos Sistemas Educativos se adaptam as Novas Realidades. Agora, o foco ESTÁ na Aquisição de Competências e NÃO APENAS não simples acúmulo de Conhecimentos.

Como CONCLUSÕES fazer Relatório Implacáveis ​​São Paulo. O Banco Mundial enfatiza "a baixa Qualidade Média dos Professores da América Latina e do Caribe", O Que constitui o responsável principal obstáculo Para o Avanço da Educação no continente. Os Conteúdos Acadêmicos São Inadequados e Praticas como ineficientes. POUCO e formados mal, docentes OS consagram APENAS 65% DO TEMPO de aula à Instrução, "O Que Igual a Perder Um Dia completo de Instrução POR semana". Por Lado Outro, o de material didático Disponível continua Sendo POUCO Utilizado, particularmente como Novas Tecnologias de Informação e Comunicação. Além Disso, Os Professores NÃO conseguem Autoridade SUA impor, Manter a Atenção dos Alunos e Estimular a Participação. 3

Exposição em São Paulo Fala da Revolução Cubana em tom Pessoal

EUA enviaram Jovens disfarçados um Governo Cuba Pará desestabilizar

Fidel completa 88 anos; conheça Oito frases marcantes de SUA Trajetória

De a Acordo com uma Instituição Financeira Internacional, "Nenhum Corpo docente da Região PODE Ser considerado de Alta Qualidade em comparação AOS Parâmetros Mundiais", com um Notável Exceção de Cuba. O Banco Mundial aponta que "na atualidade, Nenhum Sistema escolar latino-americano, com uma Possível Exceção de Cuba, Esta Perto de Mostrar OS Parâmetros Elevados, o forte talento académico, como remunerações altas OU, AO Menos, adequadas eA Elevada Autonomia Profissional that caracteriza OS Sistemas Educativos Mais eficazes do Mundo, Como OS da Finlândia, Singapura, Xangai (China), da República da Coreia, dos Países Baixos e do Canadá ".  4

De Fato, APENAS Cuba, Onde a Educação TEM Sido a principal Prioridade desde 1959, dispoe de hum Sistema Educativo Eficiente e com Professores de alto nivel. O país antilhano Não Tem nada Pará invejar das Nações Mais desenvolvidas. A ilha do Caribe E, Disso Alem, a Nação do Mundo Que dedica A Parte Mais Elevada do Orçamento nacional (13%) para à Educação.  5

Leia mais - Israel: Comunidade internacional censura Maior Ocupação de terras na Cisjordânia em 30 Anos

Não É A Primeira vez Que o Banco Mundial Elogia o Sistema Educacional de Cuba. Em hum Relatório anterior, a Organização lembrava à Excelência do Sistema Social da ilha:

"Cuba E internacionalmente Reconhecida POR SEUS Êxitos Nos campos da Educação e da Saúde, com hum Serviço Social Que supera o da Maior Parte dos Países em vias de Desenvolvimento e em certos Setores se compara AO DOS countries desenvolvidos. Desde a Revolução Cubana, em 1959, e fazer subsequente Estabelecimento de hum Governo comunista com partido Único, o país CRIOU UM Sistema de Serviços Sociais Que Garante o Acesso universal à Educação e à saúde, proporcionado cabelo Estado. Esse Modelo permitiu a Cuba alcançar a alfabetização universal, erradicar Certas Doenças, [prover] Acesso Geral Agua potável e salubridade pública de base, [atingir] como taxas Mais Baixas da Região de Mortalidade Infantil e Uma das MAIORES Expectativas de vida. Uma Revisão dos Indicadores Sociais de Cuba Revela Uma melhora Quase Contínua de 1960 ATE 1980. Varios Indicadores principais, Como um Expectativa de vida eA taxa de Mortalidade infantil continuaram melhorando Durante um Econômica crise do País nsa Anos 90 [...]. Atualmente, Serviços Sociais OS de Cuba São Parte dos Melhores do Mundo em Desenvolvimento, Como documentam Numerosas Fontes Internacionais, incluíndo a Organização Mundial da Saúde, o Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento, Além de Otras Agências da ONU EO Banco Mundial [...] . Cuba supera amplamente a América Latina, o Caribe e Outros Países de renda Média nsa Indicadores principais: Educação, saúde e salubridade pública ".  6

O Banco Mundial Lembra Que a Elaboração de bons Sistemas Educacionais E parágrafo vital o futuro da América Latina e do Caribe. Reforça, TAMBÉM, o Exemplo de Cuba, that alcançou um Excelência Nesse Setor E E o Único país do continente that dispoe de hum Corpo docente de Alta Qualidade. ESSES Resultados São explicados Pela Vontade Política do Governo do país caribenho de colocar uma Juventude sem centro do Projeto de Sociedade, dedicando OS Recursos necessários para à Aquisição de saberes e Competências. Apesar dos Recursos limitados de Uma Nação do Terceiro Mundo e do Estado de sítio Econômico Imposto Pelos Estados Unidos Há Mais de Meio Século, Cuba, baseando-se no Adágio de José Martí, seu apóstolo e Herói Nacional, "ser culto Para Ser livre" , demonstra that Uma Educação de Qualidade ESTÁ Ao Alcance de Todas As Nações.

1. Barbara Bruns & Javier Luque, Excelentes Professores. Cómo mejorar el aprendizaje en América Latina y el Caribe, Washington, Banco Mundial, de 2014.  (local Consultado nenhum dia 30 de agosto de 2014) .
2. Ibid.
3. Ibid.
4. Ibid.
5. Salim Lamrani, Cuba: les Médias enfrentar au défi de l'impartialité, Paris, Estrella, 2013, p. 40.
6. Ibid., P. 87-88.

* Doutor en Estudios Latinoamericanos Ibéricos y de la Universidad Paris Sorbonne-Paris IV, Salim Lamrani es profesor titular de la Universidad de La Reunión y periodista, Especialista de las relaciones between Cuba y Estados Unidos. Su Último libro se titula  The Economic War Against Cuba. Uma perspectiva histórica e jurídica sobre os EUA  Blockade, New York, Monthly Review Press, 2013, con un prólogo de Wayne S. Smith y un Prefácio de Paul Estrade.

Contacto:  lamranisalim@yahoo.fr  ;  Salim.Lamrani@univ-reunion.fr
Página Facebook:  https://www.facebook.com/SalimLamraniOfficiel 

Fluxo migratório para Europa em 2014 é superior ao de ápice da Primavera Árabe


Fluxo migratório para Europa em 2014 é superior ao de ápice da Primavera Árabe
Segundo estudo de agência que monitora fronteiras no continente europeu, rotas de acesso variam conforme popularidade
Mais imigrantes tentam chegar à Europa por via terrestre ou marítima em 2014 do que no auge da Primavera Árabe, de acordo com a Frontex, agência que monitora as fronteiras externas da União Europeia. Impulsionado por um aumento de fluxo de líbios e sírios, o número de tentativas de cruzamento para se chegar ao continente europeu nos oito meses deste ano já é quase equivalente ao total de investidas durante 2011 inteiro.

06/09/2014

ELEIÇÕES 2014 BRASIL Veja o que pensam candidatos à Presidência do brasil 2014 sobre aborto, maconha e religião



Com o Início da Campanha eleitoral, temas controversos passaram a Fazer Parte do debate Político e Os Candidatos São instados a todo momento a se posicionar Sobre polémicas.

A Redação do UOL compilou Opiniões de dez dos 11 Candidatos à Presidência da República Sobre Alguns Assuntos acalorados, Como a descriminalização da maconha, fazer aborto OE ensino religioso Obrigatório.



06/09/2014

Papiro citando a Santa Ceia pode ser o mais antigo amuleto do cristianismo 20



  • University of Manchester, John Rylands Research Institute
    Fragmento indica que cristãos adotaram costume egípcio de usar amuletos contra perigos Fragmento indica que cristãos adotaram costume egípcio de usar amuletos contra perigos
Um fragmento de papiro com referência à Santa Ceia pode ser o mais antigo amuleto do Cristianismo. O pedaço de papel foi descoberto por uma pesquisadora entre milhares de papiros mantidos na biblioteca da Universidade de Manchester, no Reino Unido.
A responsável pelo achado, Roberta Mazza, diz que ele provavelmente foi usado dobrado em um pingente como amuleto de proteção. "Foi uma descoberta importante e inesperada. Trata-se de um dos primeiros registros de uso de magia no contexto do cristianismo e o primeiro amuleto com referência à Santa Ceia", diz Mazza.
O fragmento é provavelmente originário de uma cidade do Egito. Seu texto traz uma mistura de trechos dos Salmos e do evangelho de Matheus. "Na época, cristãos começaram a utilizar passagens da Bíblia como amuleto de proteção", diz Mazza. "Por isso, este achado marca o início de uma importante tendência", completa.
Análises de carbono indicam que o papiro data de período entre os anos de 574 e 660. O criador provavelmente transcreveu trechos da Bíblica de que lembrava de cabeça, ao invés de copiá-los. Segundo a pesquisa, há erros de ortografia e palavras que não estão na ordem correta, como estão na Bíblia. 
A íntegra do texto diz:
"Temei o que governará sobre a terra.
Saibam nações e povos que Cristo é o nosso Deus.
Pois ele falou e tudo veio a ser, ele mandou, e tudo foi criado; ele colocou tudo sob os nossos pés e nos libertou da cobiça de nossos inimigos.
Nosso Deus preparou uma Ceia Sagrada no deserto para o povo e deu o maná da Nova Aliança para comermos, o corpo imortal do Senhor e o sangue de Cristo derramado por nós para a remissão dos pecados".
A passagem foi originalmente escrita na parte de trás de um recibo usado para pagamento ou cobrança de imposto. Um texto quase ilegível faz referência à coleta de tributos da vila de Tertembuthis, localizada no interior de Hermópolis, cidade da antiguidade onde hoje está localizada El Ashmunein, no Egito.
"Provavelmente, a pessoa que utilizou as costas do papiro para escrever o texto do amuleto era dessa mesma região", diz Mazza.
A descoberta será apresentada por Roberta Mazza em conferência internacional. Em seu estudo, ela mostra que cristãos adotaram a prática egípcia de usar amuletos para proteger seu portador e afastar perigos. Segundo a pesquisadora, a prática pode ser verificada ainda hoje, no uso de escapulários e orações em santinhos.
A pesquisa foi publicada na revista especializada Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik.it.

Morador Registra OVNIs invisíveis no Rio de Janeiro;Balanço Geral - RJ: Outra Suspeita de OVNI Aparece na Baixada Fluminense 01/04/2011



Um morador da Baixada Fluminense (RJ), apaixonado por aviação, instalou uma câmera que monitora o espaço na laje de casa, e capta imagens que se movimentam no céu, inclusive as que não podem ser vistas pelo olho humano. Ao observar as imagens, ele teve uma surpresa: avistou pontos luminosos, que ele diz ser objetos voadores não identificados. Agora, ele quer ajuda de especialistas para investigar este fenômeno.

Balanço Geral - RJ: Outra Suspeita de OVNI Aparece na Baixada Fluminense 01/04/2011

Segue vídeo:

Fonte:http://www.etseetc.com/2014/09/morador-registra-ovnis-invisiveis-no-rio-de-janeiro/

AddToAny

Página