Seja bem-vindo. Hoje é

A CRISE MANIPULADA E A ECONOMIA GLOBAL FRAUDE: SERÁ QUE GEORGE SOROS CONTROLA A CASA BRANCA DO QUASE EX PRESIDENTE OBAMA 2016?




O financista húngaro-americano George Soros e seu olhar durante uma sessão intitulada “Reformular o sistema monetário internacional: um Debate Davos” na reunião anual do Fórum Econômico Mundial, em 27 de Janeiro de 2011, em Davos. Foto: Fabrice Coffrini

Cinco grandes bancos concordaram em se declarar culpados de acusações criminais instauradas pelo Departamento de Justiça dos EUA para manipular as taxas de câmbio de dólares e euros. Os bancos foram Citicorp, JP Morgan Chase, Barclays, Bank of America e Royal Bank of Scotland. Um sexto banco, UBS Group, concordou em se declarar culpado de manipular as taxas de juros depois que o Departamento de Justiça lhe concedeu imunidade sobre as acusações criminais da taxa de câmbio. Os bancos vão pagar cerca de US$ 5,8 bilhões em multas para os Estados Unidos. No entanto, apenas corporações foram acusados ​​criminalmente. Nenhum executivo bancário foi individualmente indiciado no esquema de manipulação da moeda.
13/11/2016

A razão para as não acusações pessoais é simples. George Soros, o homem que abriu seu talão de cheques em 2008 e 2012 para a campanha presidencial de Barack Obama e estima-se que derramou milhões de dólares para os cofres de Obama, fez suas centenas de bilhões de dólares, principalmente a partir do mesmo tipo de manipulação da moeda internacional afundou cinco bancos em apuros. Para a procuradora geral Loretta Lynch, que busca acusações contra executivos bancários, qualquer advogado de defesa que vale o seu salário teria trazido o fato de que Soros, «saco de dinheiro» de Obama, tinha se evadido da acusação pelos mesmos crimes durante décadas. Os gritos pela aplicação desigual da lei teria sido gritado das mesas de defesa dos tribunais por toda parte dos Estados Unidos.

O esquema de manipulação da moeda de Soros viu seu apogeu durante a crise financeira asiática do final dos anos 1990. Foi durante um tempo quando o amigo de Soros, Bill Clinton, ocupou a Casa Branca. Embora os golpes de câmbio de Soros tenham abalado as bolsas de valores ao redor do Pacífico, não houve qualquer tentativa do Departamento de Justiça de Clinton para indiciar Soros, um emigrante da Hungria, à justiça. Um dos países mais atingidos pela manipulação da moeda de Soros foi a Malásia, que viu a sua moeda ‘ringgit’ despencar em valor. O primeiro-ministro malaio Mahathir Mohamed trovejou que Soros fez parte de uma conspiração internacional dos banqueiros judeus para atacar a economia da Malásia. Mohamed disse: “Nós não queremos dizer que isto é um plano de judeus, mas na realidade ele é judeu o que provocou a desvalorização da moeda, e coincidentemente Soros é judeu.» Mohamed foi condenado por «observações anti-semitas» mas ele não foi o único líder a cobrar de Soros com a mesma especulação monetária que recentemente afundou os «grandes 6» bancos em dificuldade criminal. O short-selling [ver NT] o baht tailandês de Soros, resultou no governo do primeiro-ministro Chavalit Yongchaiyudh chamando Soros de um ‘criminoso da guerra econômica.’

Em 1992, Soros havia despejado £10 bilhões com base em informações privilegiadas de que a libra estaria desvalorizado após a retirada britânica do Mecanismo Europeu de Taxas de Câmbio. Soros ficou conhecido como «o homem que quebrou o Banco da Inglaterra.» O ataque de Soros a libra esterlina foi a causa do Chanceler do Tesouro, Norman Lamont, emprestar £15 bilhões, com um custo total do Tesouro de Sua Majestade de £ 3,4 bilhões. Alguns anos antes, em 1988, Soros foi condenado por abuso de informação privilegiada pela autoridade reguladora francesa Bourse. Soros tinha informações privilegiadas o suficiente para que lhe permitisse comprar pedaços consideráveis ​​das quotas de quatro grandes empresas francesas: Société Générale, Indo-Suez Bank, Paribas, e a Compagnie Générale d’Électricité. A convicção de Soros em insider trading [ver NT] foi confirmada pelo Tribunal Europeu de Direitos Humanos em 2006 e o apelo do multi-bilionário de sua decisão anterior foi rejeitado em 2011.

A influência de Soros não só se estende sobre a decisão do Departamento de Justiça de não processar os banqueiros individuais para a manipulação da moeda, mas também a política externa de Obama. Open Society Institute and Foundation de Soros, bem como o seu dom generoso, alguns diriam suborno, de US$ 100 milhões para a Human Rights Watch e seu patrocínio, juntamente com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) – fundado National Endowment for Democracy (NED) , de um número de organizações de fachada da Europa Central e Oriental tem dado ao magnata cobertura global de fundo a uma enorme quantidade de influência sobre a política externa americana. Impressões digitais de Soros sobre a manipulação de partidos políticos, organizações de mídia e web sites, “sociedade civil” grupos e governos, por algumas vezes cumprido na liga com Radio Free Europe/Radio Liberty, as operações de que Soros herdados da CIA (Agência Central de Inteligência), pode ser visto nas “revoluções coloridas” da Geórgia e da Ucrânia à Macedônia e Sérvia.

Soros apoiou a independência do Kosovo, o protetorado dos EUA e da OTAN, que recentemente lançou ataques terroristas na vizinha Macedônia, a partir do seu solo. Kosovo e sua base militar americana de Camp Bondsteel servem como pontos de logística para o Exército supostamente proibido Kosovo Liberation (KLA), da qual o ministro do Exterior Kosovo Hashim Thaci era uma vez, o chefe, para tentar atiçar albaneses étnicos que estão trabalhando com Soros – financiando a oposição para derrubar o governo do primeiro-ministro Nikola Gruevski.

Os Estados Unidos, talvez representando os interesses de Soros e sua quadrilha de “manipuladores da democracia”, ficaram quietos quando a Macedônia descobriu os passaportes de norte-americanos entre os terroristas do KLA mortos encontrados após a sua incursão em Kosovo para a cidade macedônia de Kumanovo. A recente tentativa de forçar uma revolução na Macedônia não foi sem o familiar “tema” Soros. Como manifestantes anti-governo fervilhavam através da praça central de Skopje, uma funcionária do Comitê de Helsinque para os Direitos Humanos na Macedónia, Soros-financiada, aplicou uma pesada quantidade de batom vermelho em si mesma e, em seguida, passou a plantar um beijo no escudo de choque de um policial. A tentativa de encenar em Skopje um Kiev-modo como na “Revolução Maidan” ficou conhecido como o “Revolução Batom”, assim a mídia Soros-financiada transmitiu a fotografia do impresso beijo para os web sites e organizações de notícias ao redor do mundo. Em todos os casos em que a organização Soros se engaja para uma “manipulação da democracia”, os embaixadores dos EUA, Obama-nomeados, são cúmplices. Este foi o caso em Kiev com o embaixador Geoffrey Pyatt – e sua chefe e amiga Victoria Nuland, a chefe do Departamento de Estado Europa / Eurásia Bureau – em Skopje com o embaixador Jess Baily, e em uma série de outros países, da Argélia ao Zimbabué e da Mongólia à Moldávia.

Soros é um apoiante das sanções econômicas dos EUA e da União Europeia sobre a Rússia. No entanto, Soros também é um manipulador apurado de crises econômicas e ele se aproveitou da crise artificial provocada por sanções ocidentais contra a Rússia de fazer dinheiro com os investimentos destinados a contornar os projetos russos de gasodutos, como o projeto Córrego turco que é trazer gás da Rússia para a Turquia, Grécia, Macedônia, Sérvia e Hungria. O apoio financeiro de Soros para os “Revolucionários Batom” na Macedônia é uma clara tentativa de desalojar esse país a partir do negócio Córrego turco. Enquanto isso, Soros e seu amigo e colaborador próximo de negócios, Nathaniel Rothschild, adquiriu virtualmente a nação de Montenegro, que, juntamente com a Croácia, estão sendo usadas como fonte alternativa de gás a partir de navios norte-americanos que os distribuí a partir de novos terminais de gás offshore sendo construídos no Mar Adriático. As empresas de exploração de petróleo e gás, em que Soros tem interesses, estão perfurando em águas cristalinas dos montenegrinos e croatas. Com o Sr. Soros, o chamado defensor da liberdade, e ao meio ambiente, vem as falsas e encenadas revoluções, o derramamento de sangue inter-étnico e as guerras civis, o espectro de plataformas off-shore, terminais marítimos de combustíveis fósseis, superpetroleiros poluentes marítimos de regiões paradisíacas, a partir da costa do Adriático até o Golfo do México e do Alasca Ártico no Norte até as pradarias de Alberta no Canadá.

A dominação da administração Obama por Soros pode ser vista nas seleções de Obama, não só para os cargos de nível Gabinete mas nos mais importantes, como nos níveis secundários e terciários do governo, onde a política é produzida. É nesses níveis onde subalternos de Soros articulam, e políticas estrangeiras, econômicas e de defesa que são indistinguíveis das de Soros. No entanto, o Departamento de Justiça não se atreveu a acusar banqueiros individuais pela manipulação da moeda. Se o tivesse feito, também teria de indiciar o seu verdadeiro mestre, o Sr. Soros.

Autor: Wayne Madsen

[NT] Nota do tradutor: short-selling é uma “venda a descoberto” é uma técnica usada por pessoas que tentam lucrar com a queda do preço de um estoque. A venda a descoberto é uma técnica muito arriscada, pois envolve o timing (tempo) exato e vai contrário à direção geral do mercado. Uma vez que o mercado de ações tem historicamente tendencia a aumentar em valor ao longo do tempo, short-selling exige um timing de mercado preciso, o que é um feito muito difícil. Saiba mais, Fonte: — investorguide —http://www.investorguide.com/article/11716/the-pros-and-cons-of-short-selling-stocks-igu/ , Insider trading é a negociação de valores mobiliários baseada no conhecimento de informações relevantes que ainda não são de conhecimento público.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: http://www.strategic-culture.org/news/2015/05/21/does-george-soros-control-the-obama-white-house.html

https://dinamicaglobal.wordpress.com/2015/06/03/a-crise-manipulada-e-a-economia-global-fraude-sera-que-george-soros-controla-a-casa-branca-de-obama/

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Página



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...