Brasília - Um dos parlamentares que votam pela continuidade do processo por quebra de decoro do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o tucano Nelson Marchezan Júnior (RS) disse durante a sessão do Conselho de Ética desta terça-feira, 16, que há deputados que votam de acordo com os interesses de seu bolso.16/02/2016 21:12