INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

EUA;NSA,FBI,GOOGLE E O CONTROLE TOTAL DA INTERNET ENTREVISTA COM o expert britânico Misha Glenny NO BRASIL EM JUNHO 2016 O COMEÇO DE 2016 A 2050!!!

Resultado de imagem para ;NSA,FBI,GOOGLE  INTERNET
Edward Snowden, ex-analista da NSA, comentou em entrevista para a Vice que a agência federal norte-americana possuía tecnologia suficiente para hackear o iPhone sem a ajuda da Apple. O que se viu foi, algumas semanas depois, o FBI admitindo que havia destravado o smartphone — e não, a Maçã não ajudou a agência.

O desejo de governos por controlar é muito grande

Misha explicou um pouco o modus operandi atual do FBI, mesmo admitindo que eles realmente
 andam buscando mais atenção da mídia, citando o show entre o caso da Apple. "Uma das coisas que o FBI está tentando fazer é se tornar a principal ciberpolícia dos Estados Unidos. E eles estão tendo muito sucesso em monopolizar isso, já que têm força e influência nesse campo", explicou.
Resultado de imagem para ;NSA,FBI,GOOGLE  INTERNET
"O FBI tenta persuadir a Microsoft, a Google e a Apple a manter o backdoor acessível às forças da lei. Ele entende que a existência de criptografias é algo muito difícil às autoridades".

Após o comentário, foi um caminho fácil durante a entrevista para cairmos no assunto vigilância
 de massa. Para contextualização, antes de 2013, o assunto era tratado pela maioria das pessoas como "teoria da conspiração". Hoje, o jogo já começou a virar. Principalmente quando Snowden revelou detalhes do programa de vigilância PRISM, desenvolvido pelos Estados Unidos em parceria com o Reino Unido.

O PRISM, um dos programas já revelados, permite que os funcionários da NSA
 (Agência de Segurança Nacional norte-americana) coletem dados de usuários conectados à internet. Ou seja, históricos de buscas, conteúdo e troca de emails, transferências de arquivos, fotos, vídeos, documentos, chamadas de voz e video chats, informações de redes sociais e senhas colocadas em sites são dados facilmente obtidos.

"A NSA perseguiu um caminho muito mais complicado ao exceder os limites. Eles têm a questão da autoestima e colocaram muita vigilância sem motivo sobre muitos americanos. Foi um excesso de vigilância nos Estados Unidos e também na Europa". Tudo isso, segundo o jornalista, também pode ser encarado como uma grande vontade de governos controlarem a internet e, consequentemente, o povo.
"O desejo de governos por controlar é muito grande. As pessoas precisam aprender a se proteger, e não se expor. Nós queremos segurança, mas não queremos o governo nos vigiando", disse. Misha ainda alerta que é preciso ficar atento: "Estamos acessando e desenvolvendo gadgets de maneira tão rápida que as vulnerabilidades estão crescendo junto".

Cientistas indianos encontraram ouro na urina de vaca em 2016


Gado gir no Brasil



CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Os cientistas da Universidade Agrícola de Junagadh, no estado indiano de Gujarat, encontraram ouro na urina dos bovinos de raça Gir, comunica o Indian Express.

DIA DO ASTEROIDE EM 30 DE JUNHO DE 2016, ALERTA AO MUNDO CONTRA ASTEROIDES


Atendado na Turquia para invadirem a Síria e aumentar a vigilância mundial falsa bandeira EM 2016



Publicado em 28 de jun de 2016
Mais um ataque da nova ordem mundial

REALIDADE DA JUSTIÇA DO BRASIL EM JUNHO 2016; A Ditadura do Judiciário e a Falácia da Normalidade institucional EM JULHO DE 2016

 Qua, 29 de Junho de 2016                 
É emblemático que esse ativismo jurídico esteja sendo aplaudido por figuras que há pouco tempo também estavam nas ruas ou nas redações de alguns veículos apoiando o movimento pró-impeachment.
O Brasil vive uma situação política singular hoje 29/06/2016, caracterizada por dois dados relevantes que tem passado despercebidos para um grande número de analistas, atores ou ativistas políticos e formadores de opinião: o primeiro é o autoritarismo das instituições de Estado contaminadas pela mentalidade esquerdista, o que se expressa de modo claro no ativismo judiciário tanto do Supremo Tribunal Federal quanto da Procuradoria Geral da República e de certos setores do próprio Ministério Público Federal. 

Como Confiar Nessa Mídia COMPRADA MUNDIAL 2016, ou: O que a saída do Reino Unido da União Europeia Mostrou EM JUNHO DE 2016

Não dá para confiar na maior parte dos jornalistas, nem nos analistas políticos, menos ainda nos meios de comunicação que pagam seus salários. Todos eles, de alguma forma, são vassalos dos grupos que pretendem o controle das nações.
 Qua, 29 de Junho de 2016               

AddToAny

Página