Seja bem-vindo. Hoje é

O livro do bem e do mal de Edouard Daanson


O livro do bem e do mal de Edouard Daanson


Lançada pela editora Germinal, o livro também conhecido como "A bíblia dos maçons" "O livro do bem e do mal" é o livro de cabeceira de qualquer membro de alto grau da ordem, estou em busca de uma cópia digital, se alguém tiver informações por favor dá um UP nesse tópico.

Capa:
Segue um trecho do livro:

Citar:"CAPÍTULO II

COMO O SENHOR SÃO LÚCIFER, TENDO DESCOBERTO O MAL, SE REBELOU, PELA PRIMEIRA VEZ, CONTRA O SEU CRIADOR, E FOI CHAMADO "O DIABO"

28/07/2017

LOGO que o Senhor São Lúcifer entrou no Paraíso, todos os anjos voaram para junto dele e disseram-lhe:




— Formoso anjo, qual é a nova virtude que tu nos trazes?

E o Senhor São Lúcifer respondeu-lhes:

— Meus irmãos, louvado seja Deus!, eu trago-vos o Mal!

Ora, São Miguel perguntou:

— Que coisa é o Mal?

E Santa Astarote, que fora iluminada pelo Espírito, explicou que o Mal era o oposto do Bem e um Bem necessário, pois que Deus o criara.




Mas São Gabriel, não compreendendo a utilidade do Mal, perguntou-lhe o motivo da sua criação, porque, disse ele, sendo Deus a própria perfeição e a virtude, predomina sobre todo o Bem.

São Belzebu explicou-lhe que, sem o Mal, não seria possível o Bem, e que, por isso, fazendo o Mal, não fizera Deus senão engendrar o Bem.




— Todavia — objetou São Peliel — Deus todo poderoso não era obrigado a criar o Mal para manifestar a sua divindade...

São Lúcifer, querendo conciliar a todos, disse:

— Meus irmãos, esclareçamos este mistério da Divina Luz. Tudo quanto Deus faz está bem feito. Como a verdadeira virtude emana da sabedoria, e a infinita sabedoria deriva dum incomensurável conhecimento, Deus é infinito e incomensuravelmente sábio, visto que encerra em Si todas as contradições.

Mas Santo Asmodeu interrompeu-o, dizendo:

— Pela minha parte, meu irmão, duvido que um Deus criador do Mal possa ser Deus!...

— É necessário não duvidar de nada — repôs o Senhor São Lúcifer.

— porque Deus vos deu o espírito para discernir o justo do injusto.

Ou Deus quis suprimir o mal e não pode.

Ou Ele pode e não quis.

Ou Ele não quis nem pode.

Ou Ele quis e pode.

Meus irmãos, que devemos deduzir daqui?

Porventura Ele quer e não pode?...

É impotente e, portanto, não é Deus!

Ou Ele pode e não quer? ...

É mau, ou o mal é lhe indiferente.

Ou Ele não quer nem pode? ...

É impotente e indiferente, ou impotente e mau.

Ou Ele quer e pode suprimir? ...
Neste caso, por que deixa Ele subsistir o Mal, que é contrário à sua perfeição, à sua virtude e à sua divindade?

Ouvindo estas palavras, todos os anjos ficaram embasbacados.

Então, o Senhor São Lúcifer disse-lhes:

— Meus irmãos, segui-me. Deus é bom. Deus é justo.

Ele realizará perante vós um novo prodígio e mostrar-vos-á a sua onipotência, mudando o Mal em Bem.

E, quando chegaram à presença do Altíssimo, o Senhor São Lúcifer dirigiu-Lhe estas palavras:

— Divina Majestade, todo-poderoso e inefavelmente virtuoso, a vossa humilde criatura Vos roga que compreendais que cometestes um erro fazendo dela o Espírito do Mal.

O Senhor, animado de santa cólera, respondeu:

- Lúcifer, quem te autorizou a julgar as ações do teu Senhor?

Esqueceste que Eu sou teu Criador e Deus, e, consequentemente, infalível?

— Deus grande — replicou o Senhor São Lúcifer — cuide de que a vossa infalibilidade se não converta numa fonte de erros!

— Diabo maligno! — gritou o Senhor — queres calar-te?!

Mas, logo o Senhor São Lúcifer se retratou e disse:

— "O erro de Deus é a Santa Verdade".

E, ante estas palavras, todos os anjos se inclinaram, e Aquele que existe desde toda a eternidade os abençoou."

FONTE: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-o-livro-do-bem-e-do-mal-de-edouard-daanson#ixzz4o8XiUeE1

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...