Seja bem-vindo. Hoje é

Os mártires, do Fim dos Tempos!documentario.


Published on Aug 13, 2017
 No capítulo 20 do Livro de Apocalipse, o apóstolo João vê uma peculiar companhia de pessoas. João nos dá uma breve sinopse do que ele vê. Ele está especificamente descrevendo os futuros mártires do Fim dos Tempos: “Vi tronos em que se assentaram aqueles a quem havia sido dada autoridade para julgar. Vi as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus. Eles não tinham adorado a besta nem a sua imagem, e não tinham recebido a sua marca na testa nem nas mãos.

 Eles ressuscitaram e reinaram com Cristo durante mil anos.” (Apocalipse 20:4) Eu parei nesse versículo muitas vezes. A Bíblia diz que nos Últimos Dias, decapitação será especificamente o método primário pelo qual as pessoas serão martirizadas. Eles serão mortos especificamente pelo seu “testemunho de Jesus e da palavra de Deus”. É um quadro estranho de se tentar imaginar. Está a Bíblia sugerindo um ressurgimento mundial de guilhotinas em cada praça municipal? O que exatamente a Bíblia está dizendo que ocorrerá que resultará em um padrão mundial de uso de decapitação especificamente como um meio de execução de cristãos? Como eu tenho tentado visualizar a natureza do Fim dos Tempos e como ele será, eu tenho frequentemente meditado sobre esse versículo. Existem outras passagens que são muito similares a essa. Elas também falam de uma futura perseguição e uma tendência global de execução de cristãos pela sua fé em Jesus: “Então eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa.” (Mateus 24:9) Aqui Jesus avisa Seus discípulos que eles serão odiados e finalmente condenados à morte como resultado de sua identificação com Ele. Mas então existe uma expansão profética dessa predição. Jesus diz que “vocês serão odiados por todas as nações por minha causa”. Jesus especificamente predisse um elemento global a esta futura perseguição contra os cristãos. 

Este próximo versículo nos dá ainda um maior discernimento: “Tenho-lhes dito tudo isso para que vocês não venham a tropeçar. Vocês serão expulsos das sinagogas; de fato, virá o tempo quando quem os matar pensará que está prestando culto a Deus. Farão essas coisas porque não conheceram nem o Pai, nem a mim. Estou lhes dizendo isto para que, quando chegar a hora, lembrem-se de que eu os avisei.” (João 16:1-4) Nessa passagem do Evangelho de João, Jesus está inicialmente falando aos discípulos fora de um contexto estrito de Fim dos Tempos. Ele primeiro avisa os discípulos que nos dias adiante eles veriam seus seguidores expulsos das sinagogas. Esta profecia veio à sua completa expressão após o que ficou conhecido como a Revolta de Bar Kochba em 132-135 d.C. Foi durante a Revolta de Bar Kochba que a separação final da igreja e da sinagoga aconteceu. Bar Kochba foi um falso Messias Judaico. 

Ele foi apoiado e endossado pelo mais alto nível da autoridade rabínica naquele tempo, o renomado Rabi Akiva. Como resultado do apoio de Akiva, Bar Kochba foi autenticado como Messias aos olhos do povo judeu. Como resultado os seguidores judeus de Jesus foram expulsos das sinagogas em massa e a profecia de Jesus foi cumprida no segundo século. Mas na segunda parte desse verso, Jesus está falando do Fim dos Tempos. “De fato”, ele continua dizendo, “chegarão os dias que seus perseguidores farão muito mais que meramente expulsá-los de uma sinagoga; eles irão literalmente mata-los”. Mas o mais intrigante e desconcertante aspecto desse verso é a próxima porção da declaração de Jesus. Ele diz que aqueles que os matarem literalmente pensarão que o fazendo, eles estarão prestando culto a Deus. LINK;– RICHARDSON, Joel. “Anticristo – O Messias Esperado Pelo Islã.” Capítulo 14. – DAS, Sujit. “O mito do muçulmano pacífico e moderado”. Das vive em Mumbai, Índia, e é autor de vários artigos críticos ao islam e de dois livros, “Islam Dismantled: The Mental Illness of Prophet Muhammad” e “The Allah Delusion”. O autor pode ser contatado em: counter.jihad@yahoo.co.uk. Publicado originalmente em Faith Freedom. – http://www.gospelgeral.com.br/index.p... Notas: CBS News, Saudi Arabia’s Beheading Culture [A Cultura da Decapitação na Arábia Saudita], 27 de Junho de 2004. Beheadings Allowed by Islam, but Only in Extreme Situation [Decapitações Permitidas pelo Islã, mas Apenas em Situação Extrema], por Julia Duin – The Washington Time, 24 de Junho de 2004. Ali Sina, The Examples of Muhammad [Os Exemplos de Maomé] http://www.faithfreedom.org/Arcticles... A. Guillaume, The Life of Muhammad [A Vida de Maomé] (Oxford University Press, Oxford, Inglaterra), p. 464, 752 Sahih Muslim Livro 20, Número 4546 Website do Departamento Saudita de Assuntos Islâmicos: https://curiosidadesocultas.blogspot.... http://www.evangelhoperdido.com.br/o-... Postado em 21/07/2017 ATUALIZADO 12/08/2017

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...