INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

BRASIL POLITICOS CORRUPTOS Irmã DO SENADOR Aécio NEVES queria R$ 40 milhões para apartamento, diz Joesley Andrea Neves está presa em ala separada na penitenciária Estevão Pinto EM MINA GERAIS MAIO DE 2017




Andrea Neves está presa em ala separada na penitenciária Estevão Pinto EM MINA GERAIS EM MAIO DE 2017 POR CORUPÇÃO POLITICA.

A irmã do senador Aécio Neves (PSDB), Andrea Neves, já está dentro do complexo penitenciário Estevão Pinto, no bairro Horto, na região Leste de Belo Horizonte.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) informou que Andrea Neves da Cunha, de 58 anos, está em uma ala separada do pavilhão principal.

A pasta explicou ainda “que a separação se dá em razão do tipo de crime, das condições em que se deu a prisão e da repercussão do caso”.

A Seap disse ainda que Andrea ficará em cela individual 
(2,50 x 3,00) e que o local dispõe de cama, vaso sanitário e chuveiro.


Andrea foi presa na manhã desta quinta-feira (18/05/2017) pela Polícia Federal, como parte da Operação 'Lava Jato', em operação desencadeada após a divulgação, na noite desta quarta-feira (17/05/2017), da delação premiará de Josley Batista, dono da JBS. 

Ele disse que o senador Aecio Neves pediu a ele 
R$ 2 milhões para pagar encargos advocatício na defesa da operação 'Lava Jato'.

Irmã de Aécio queria R$ 40 milhões para apartamento, diz Joesley DONO DA JBS FRIBOI EM 2017.

20/05/2017

BRASIL CORRUPÇÃO POLITICA 2017 Janot pede QUE PRESIDENTE DO BRASIL Temer seja investigado por corrupção e obstrução da Lava Jato EM 2017.



Michel Temer e o silêncio de Eduardo Cunha EM 2017.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em pedido de investigação do Supremo Tribunal Federal (STF), verificou "articulação" de Aécio Neves e Michel Temer para impedir a Lava Jato EM 2017. 



O presidente será investigado por corrupção passiva, obstrução e participação em organização criminosa.

Em pedido de investigação do Supremo Tribunal Federal (STF), Janot examinou a delação de um dos donos do grupo empresarial JBS, Joesley Batista, envolvendo o presidente Michel Temer.

20/05/2017

BRASIL REAL 20 DE MAIO 2017 MINISTRO DO STF Alexandre de Moraes e O SENADOR Aécio NEVES trabalharam juntos contra Lava Jato, diz PGR


Alexandre de Moraes e Aécio trabalharam juntos contra Lava Jato, diz PGR EM MAIO DE 2017.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma em trecho de seu inquérito que o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) teria trabalhado em conjunto não só com o presidente Michel Temer (PMDB) para frear a Lava Jato. 

O procurador aponta também o ministro do STF Alexandre de Moraes.

20/05/2017

Joesley Batista detona esquema DO EX PRESIDENTE BRASIL Lula e Dilma no BNDES CORRUPÇÃO 2017/2018



Publicado em 19 de mai de 2017
Joesley Batista JBS FRIBOI detona esquema DO EX PRESIDENTE BRASIL Lula e Dilma no BNDES CORRUPÇÃO 2017/2018.
O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou nesta sexta-feira (19/05/2017) o conteúdo das delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. Os dois depuseram no âmbito da operação Lava Jato e tiveram suas delações homologadas pelo ministro Luiz Edson Fachin.

A medida de liberar a delação ao público foi tomada após o ministro Edson Fachin homologar os depoimentos, firmados com a Procuradoria-Geral da República (PGR). São cerca de 2 mil páginas. As oitivas foram gravadas em vídeo.
Dilma e Lula receberam R$ 80 milhões em propina.
Dois delatores da JBS afirmaram que os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, receberam total de R$ 80 milhões em propina da empresa. A contrapartida seria a intervenção em órgão públicos para garantir vantagem à companhia.
Segundo a delação, a intervenção em benefício da empresa ocorreram no BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento), da Petros (Fundação Petrobras de Seguridade Social) e da Funcef (Fundação dos Economiários Federais).

O intermediário dos presidentes era o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. O ex-ministro seria responsável pelo repasse da verba. Ao todo, Lula teria recebido R$ 50 milhões, enquanto Dilma, R$ 30 milhões.

Além disso, foram repassados R$ 30 milhões ao ex-ministro Antônio Palocci, preso no âmbito da Lava Jato, para que fossem utilizados na campanha de Dilma à Presidência em 2010, segundo a delação.
Para recebimento da quantia, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, pediu que a JBS disponibilizasse uma conta no exterior.
LINK;https://br.noticias.yahoo.com/dilma-e...

LEIA NA ÍNTEGRA O PEDIDO DE JANOT E A DECISÃO DE FACHIN n°6122 inquerito 4326 CORRUPÇÃO POLITICA NO BRASIL 2017/2018 EX PRESIDENTE LULA,DILMA,TEMER,SENADORES AÉCIO NEVES... ATE 2100





20/05/2017

BRASIL STF libera conteúdo da delação de donos da JBS CONTRA EX PRESIDENTE LULA,DILMA,TEMER, E SENADORES EM 19 DE MAIO DE 2017.


STF libera conteúdo da delação de donos da JBS EM MAIO DE 2017.

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou nesta sexta-feira (19) o conteúdo das delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. Os dois depuseram no âmbito da operação Lava Jato e tiveram suas delações homologadas pelo ministro Luiz Edson Fachin.


19/05/2017

BRASIL REAL 20 DE MAIO DE 2017 EX PRESIDENTE Dilma e Lula receberam R$ 80 milhões em propina, dizem delatores da JBS EM 2017.





POLITICOS CORRUPTOS DO BRASIL DE 1985 ATE 2017 A 2100.




Dilma e Lula receberam R$ 80 milhões em propina, dizem delatores da JBS EM 2017.




19 de maio de 2017


Dois delatores da JBS afirmaram que os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, receberam total de R$ 80 milhões em propina da empresa.

 A contrapartida seria a intervenção em órgão públicos para garantir vantagem à companhia.

20/05/2017

AddToAny

Página