INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

O "Decálogo De Lenin"-Ações Táticas Para A Tomada Do Poder PELO COMUNISMO.




O "Decálogo de Lenin"


Em 1913, Lênin escreveu o "Decálogo" que apresentava ações táticas para a tomada do Poder.
Qualquer semelhança com os dias de hoje, não é mera coincidência.

1.. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;

2.. Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3.. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;

4.. Destrua a confiança do povo em seus líderes;

5.. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;



ASSISTA BAIXO;






30/04/2019



6.. Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

7.. Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8.. Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

9.. Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10.. Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa.

Para o Socialismo/Comunismo todo crime só será crime se não for "justificado" pela causa. Isto é; ideologia é todo discurso de justificação de uma causa e a causa esquerdista é o seu projeto de poder com o controle econômico, político e religioso sob o comando dos seus "administradores sociais", localizados em uma central única do poder mais totalitário já concebido no planeta.

Na narrativa vitimista e criticista leninista, em suas próprias palavras, "é preciso acusar os adversários daquilo que fazemos e chama-los daquilo que somos".
Para a esquerda é a família a causa de toda desigualdade social e precisa ser extinta/substituída pelo Estado.


Enquanto os conservadores querem proteger o cidadão do Estado (garantindo a esfera das liberdades individuais), os esquerdistas querem neutralizar o indivíduo, em uma total inversão de valores no bojo da guerra cultural marxista, em que toda forma de expressão é uma arma revolucionária, com o indivíduo perdendo sua identidade em prol do coletivismo, que venha neutralizar sua inteligência e substituir sua voz pelos defensores de uma nova ordem a ser estabelecida, detentores do monopólio da opinião, onde o direito de quem se sente ofendido sobrepuja o direito da maioria.





Marx defendeu a criação de uma nova ordem, dizendo "o que" seria; mas nunca, "como" se daria.

FONTEs: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-o-dec%C3%A1logo-de-lenin#ixzz5mVsSXlrs

Nenhum comentário :

Postar um comentário

AddToAny

Página