INSCREVA AQUI CURIOSIDADESOCULTAS

Seja bem-vindo. Hoje é

O "Decálogo De Lenin"-Ações Táticas Para A Tomada Do Poder PELO COMUNISMO.




O "Decálogo de Lenin"


Em 1913, Lênin escreveu o "Decálogo" que apresentava ações táticas para a tomada do Poder.
Qualquer semelhança com os dias de hoje, não é mera coincidência.

1.. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;

2.. Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3.. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;

4.. Destrua a confiança do povo em seus líderes;

5.. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;



ASSISTA BAIXO;






30/04/2019

A LUTA DO BRASIL, DO POVO,DO PRESIDENTE BOLSONARO CONTRA POLITICOS, JUSTIÇA-STF E MIDIA;TV GLOBO,SBT,BAND,RADIOS,FOLHA CORRUPTOS AGENDA 2030 VEJA;



Após Prejuízo Operacional De Meio Bilhão, Globo Aperta O Cinto E Reduz Salário De Estrelas-29/04/2019


O faturamento da Rede Globo caiu 15% nos últimos cinco anos. Com um prejuízo operacional de meio bilhão de reais em 2018, a emissora passou a adotar uma política salarial mais dura com suas maiores estrelas.

Dessa forma, a maior parte da equipe global tem visto seu contracheque mais enxuto na hora da renovação do contrato. Alguns nomes, como o apresentador Otaviano Costa, não aceitaram e deixaram a emissora.

De acordo com o site Notícias da TV, os executivos têm argumentado que a concorrência do streaming e a nova realidade do mercado publicitário fez diminuir as receitas, inviabilizando os rendimentos muito altos.

Um dos principais exemplos é o do narrador Galvão Bueno que, ao renovar seu contrato até 2022, aceitou ter seus vencimentos reduzidos de cerca de R$ 1 milhão para algo em torno de R$ 500 mil.

Atualmente, são poucos os salários que ultrapassam os R$ 100 mil, como os da atrizes Fernanda Montenegro e Gloria Pires.

A GloboNews também está passando por dificuldades. o canal de notícias na TV a cabo sofrendo com a queda na audiência nestes primeiros meses de 2019. (as informações são do renova mídia)



O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou na manhã desta segunda-feira, dia 29/04/2019, durante a Agrishow que pediu ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, a urgência de um projeto de lei que permite que o produtor rural possa usar armas de fogo em todo o perímetro da propriedade rural.

“É uma maneira de ajudar a combater a violência no campo” disse o presidente durante a maior feira de máquinas agrícolas da América Latina. “Ao defender a propriedade privada, o cidadão de bem responde, mas não tem punição”, disse

De acordo com o canal rural, o presidente afirmou ainda que uma de suas prioridades é aumentar a segurança jurídica no campo com a ajuda do secretário especial de assuntos fundiários do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia. “A propriedade privada é sagrada”, disse Bolsonaro.

Entenda o projeto

No último dia 19, durante uma transmissão em rede social, o presidente afirmou que preparava o envio desta medida de lei para o congresso. Segundo Bolsonaro, o projeto pretende estender o direito de legítima de defesa para quem atira contra pessoas que tentem invadir domicílios privados. Esta foi uma das promessas de campanha do presidente. Segundo ele, uma lei semelhante foi aprovada recentemente na Itália.


30/04/2019

AddToAny

Página